Repositório Digital

A- A A+

Óxido nítrico inalatório no trans e pós-operatório de cirurgias cardiotorácicas em pacientes adultos com hipertensão pulmonar : revisão sistemática com metanálise

.

Óxido nítrico inalatório no trans e pós-operatório de cirurgias cardiotorácicas em pacientes adultos com hipertensão pulmonar : revisão sistemática com metanálise

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título Óxido nítrico inalatório no trans e pós-operatório de cirurgias cardiotorácicas em pacientes adultos com hipertensão pulmonar : revisão sistemática com metanálise
Outro título Nitric oxide inhaled in the trans and postoperative of cardiothoracic surgery in adult patients with pulmonary hypertension : systematic review with meta-analysis
Autor Saraiva, Marcos Ariel Sasso
Orientador Sbruzzi, Graciele
Data 2016
Nível Mestrado
Instituição Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Faculdade de Medicina. Programa de Pós-Graduação em Ciências Pneumológicas.
Assunto Hipertensão pulmonar
Metanálise
Óxido nítrico
[en] Nitric oxide
[en] Pulmonary hypertension
[en] Revision
Resumo Fundamento: O óxido nítrico inalatório (NOi) tem sido utilizado para controle e tratamento da hipertensão pulmonar (HP) durante ou imediatamente após cirurgias cardiotorácicas. Entretanto, seus efeitos comparados a outras medicações vasodilatadoras ainda são controversos. Objetivo: Revisar sistematicamente os efeitos do NOi comparado com outras medicações vasodilatadoras administrado durante ou imediatamente após cirurgias cardiotorácicas, sobre variáveis hemodinâmicas e oxigenação, em pacientes com HP. Métodos: Foi realizada uma busca sistemática nas bases de dados Cochrane CENTRAL, MEDLINE, Lilacs, PEDro e Embase, além de busca manual em referências de estudos publicados até maio de 2015. Foram incluídos ensaios clínicos randomizados (ECRs) que compararam NOi vs. outras medicações vasodilatadoras (inalatórias ou intravenosas) e que analisaram índice de oxigenação (relação PaO2/FiO2) e variáveis hemodinâmicas como pressão média da artéria pulmonar (PMAP), resistência vascular pulmonar (RVP), fração de ejeção do ventrículo direito (FEVD), saturação venosa mista de oxigênio (SvO2), índice cardíaco (IC), pressão venosa central (PVC), frequência cárdica (FC), pressão arterial média sistêmica (PAM), e resistência vascular sistêmica (RVS). Resultados: Foram identificados 2.561 artigos, totalizando seis ECRs incluídos. O uso do NOi comparado com outras medicações vasodilatadoras não promoveu alterações na relação PaO2/FiO2, PMAP, RVP, IC, FEVD, SvO2, PVC e RVS, entretanto houve redução na FC (-5,47 bpm; IC95%: -10,87 a -0,06) comparado com medicações inalatórias e aumento na PAM (9,30 mmHg; IC95%: 3,94 a 14,65; I2: 86%) comparado com medicações vasodilatadoras intravenosas. Conclusões: O uso do NOi não promoveu alterações na relação PaO2/FiO2 e nas variáveis hemodinâmicas comparado com outras medicações vasodilatadoras, exceto na FC onde houve redução e na PAM onde houve aumento, durante ou imediatamente após cirurgias cardiotorácicas em pacientes adultos com HP.
Abstract Introduction: The inhaled nitric oxide (INO) has been used for control and treatment of pulmonary hypertension (PH) during or immediately after cardiothoracic surgery. Although, the effects when compared to other vasodilator medications are still controversial. Objectives: The purpose of this study was to systematically review the effects of INO compared with other vasodilatory drugs administered during or immediately after cardiothoracic surgeries on hemodynamics and oxygenation variables in patients with PH. Methods: A systematic research was conducted in the databases Cochrane CENTRAL, MEDLINE, Lilacs, PEDro e Embase, in addition a manual search at references of published studies until May 2015. Randomised trials (RCTs) were included, comparing INO vs. other vasodilator medications (inhaled or intravenous), that analyzed the oxygenation index (ratio PaO2/FiO2) and hemodynamic variables: mean pulmonary artery pressure (MPAP), pulmonary vascular resistance (PVR), right ventricular ejection fraction (RVEF), mixed venous oxygen saturation (SvO2) , cardiac index (CI), central venous pressure (CVP), cardia rate (HR), mean systemic arterial pressure (MAP) and systemic vascular resistance (SVR). Results: We identified 2561 articles, being only six ECRs included. The use of NOi compared to other vasodilator medications did not change the ratio PaO2/FiO2, MPAP, PVR, CI, RVEF, SvO2, CVP e SVR, however there was a reduction in HR (-5,47 bpm; IC95%: -10,87 a -0,06) compared to inhaled medications and increased MAP (9,30 mmHg; IC95%: 3,94 a 14,65; I2: 86%) compared with intravenous vasodilator medications. Conclusion: The use of INO did not change ratio PaO2/FiO2 and hemodynamic variables, compared with other vasodilator medications, except HR where has been found a reduction, and MAP where has been found an increasing, during or immediately after thoracic cardiovascular surgery in adult patients with HP.
Tipo Dissertação
URI http://hdl.handle.net/10183/143131
Arquivos Descrição Formato
000994805.pdf (427.3Kb) Texto parcial Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.