Repositório Digital

A- A A+

Cartografando currículos na educação de surdos : saberes e práticas docentes entre-diferenças

.

Cartografando currículos na educação de surdos : saberes e práticas docentes entre-diferenças

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título Cartografando currículos na educação de surdos : saberes e práticas docentes entre-diferenças
Outro título Charting curriculum on deaf education: knowledge and practices between teachers-differences knowledge and practices between teachers-differences
Outro título Mapeando currículos para la educación de sordos: conocimientos y prácticas docentes
Autor Giordani, Liliane Ferrari
Gai, Daniele Noal
Marins, Cássia Lobato
Resumo Este texto foi construído a partir da descrição de alguns currículos produzidos ao longo de encontros de formação de professores e gestores em escola de surdos da rede municipal de ensino de Porto Alegre. Com proposição de Atelier pedagógico, os encontros de formação produziram movimentos entre os professores, tanto na discussão sobre a aprendizagem de alunos surdos com ou sem deficiência. Foi possível propor tarefas, experimentações, conversas, visualizações que afirmam os diferentes tempos de multiconexão, de transinteração, de cultura visual. Os ateliers serviram para que afirmássemos uma cultura visual bilíngue entre-diferenças, com a defesa plena de direito à escola e às suas ensinagens por parte de todos os alunos surdos. A escrita que apresentamos aqui é resultado das análises realizadas a partir das reuniões de formação de professores e a experimentação de currículos. Estes materiais compõem parte das atividades da pesquisa “Cartografando a escolarização de alunos surdos com deficiência: diferentes aprendizagens e diferentes saberes”, coordenada pelas professoras Daniele Noal Gai e Liliane Ferrari Giordani e da pesquisa "Processos de Construção e Desenvolvimento de Currículos para Surdos com Deficiência em uma Escola Bilíngue para Surdos”, desenvolvido pela mestranda Cássia Lobato Marins. Ao longo deste texto nos dedicaremos a pensar nas construções coletivas para um currículo de aprendizagens em uma escola que se propõem bilíngue, uma vez que descreveremos ações que afirmam a escolarização e aprendizagem de alunos surdos com deficiência promovida em meio a uma cultura visual.
Abstract This text was constructed from the description of some curricula produced over teacher training meetings and managers in school for the deaf in the municipal Porto Alegre teaching. With pedagogical Atelier proposition, training meetings produced movements among teachers, both in discussion about learning deaf students with or without disabilities. It was proposed tasks, experiments, discussions, views that claim different times Multiconnection of transinteração, visual culture. The workshops served to assert a visual culture differences between bilingual, with the full right of defense to school and their ensinagens by all deaf students. The script that we present here is the result of analyzes from the teacher training meetings and the trial resumes, these materials make up part of the research activities "Mapping the education of deaf students with disabilities: different learning and different knowledge," coordinated by teachers Daniele Noal Gai and Liliane Ferrari Giordani and research "Construction Processes and Curriculum Development for the Deaf with Disabilities in a Bilingual School for the Deaf", developed by graduate student Cassia Lobato Marins. Throughout this text we devote ourselves to think in collective buildings for learning curriculum in a school who propose bilingual since they describe actions that affirm the education and learning of deaf students with disabilities promoted amid a visual culture.
Resumen Este texto fue construido a partir de la descripción de algunos planes de estudio producido más reuniones de formación de profesores y administradores en la escuela para sordos en la enseñanza municipal de Porto Alegre. Con pedagógica propuesta de Atelier, reuniones de capacitación producen movimientos entre los profesores, tanto en la discusión sobre el aprendizaje de los estudiantes sordos, con o sin discapacidad. Se propuso tareas, experimentos, debates, opiniones que dicen diferentes momentos multiconexión de transinteração, la cultura visual. Los talleres sirvieron para afirmásemos unos visuales diferencias culturales entre bilingüe, con el pleno derecho de la defensa a la escuela y sus ensinagens por todos los estudiantes sordos. La secuencia de comandos que presentamos aquí es el resultado de los análisis de las reuniones de formación del profesorado y el juicio se reanuda, estos materiales forman parte de las actividades de investigación "Mapeo de la educación de los alumnos sordos con discapacidad: de aprendizaje diferente y conocimientos diferentes", coordinado por profesores Daniele Noal Gai y Liliane Ferrari Giordani y de investigación "Procesos de Construcción y Desarrollo Curricular para Sordos con discapacidad en una escuela bilingüe para sordos", desarrollado por el estudiante graduado Cassia Lobato Marins. A lo largo de este texto nos dedicamos a pensar en los edificios colectivos para el aprendizaje curricular en una escuela que proponen bilingüe ya que describen acciones que afirman la educación y el aprendizaje de los alumnos sordos con discapacidades promovidas en medio de una cultura visual.
Contido em Reflexão e ação. Vol. 23, n. 3 (2015), p. 79-103
Assunto Currículo
Inclusão escolar
[en] Cartography
[en] Curriculum
[en] Deaf Education
[en] Disability
[es] Cartografía
[es] Discapacidad
[es] Educación para sordos
[es] Plan de estudios
Origem Nacional
Tipo Artigo de periódico
URI http://hdl.handle.net/10183/143167
Arquivos Descrição Formato
000982665.pdf (356.8Kb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.