Repositório Digital

A- A A+

Desenvolvimento e validação de método discriminativo de dissolução para comprimidos revestidos de atorvastatina cálcica associado a dados in vivo

.

Desenvolvimento e validação de método discriminativo de dissolução para comprimidos revestidos de atorvastatina cálcica associado a dados in vivo

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título Desenvolvimento e validação de método discriminativo de dissolução para comprimidos revestidos de atorvastatina cálcica associado a dados in vivo
Outro título Development and validation of a discriminative dissolution method for atorvastatin calciumcoated tablets associated with in vivo data
Autor Machado, Jaison Carlosso
Orientador Volpato, Nadia Maria
Data 2012
Nível Mestrado
Instituição Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Faculdade de Farmácia. Programa de Pós-Graduação em Ciências Farmacêuticas.
Assunto Atorvastatina
Inibidores de Hidroximetilglutaril-CoA Redutases
Medicamentos : Dissolução
Validação : Métodos de análise de fármacos
[en] Atorvastatin
[en] Correlation in vivo in vitro
[en] dissolution
[en] Validation
Resumo A atorvastatina é um dos principais fármacos hipolipemiantes da classe das estatinas, sendo atualmente, prescrita mundialmente para a redução de doenças cardiovasculares. Trata-se de um potente inibidor da enzima HMG – CoA redutase, limitando a síntese de colesterol e triglicerídeos. Mesmo sendo comercializada há praticamente 15 anos, os comprimidos revestidos de atorvastatina não estão inclusos em nenhuma farmacopéia ou compendio oficial, tendo somente uma sugestão de condição para o teste de dissolução proposto pelo FDA. Com base na sua classificação biofarmacêutica e por se tratar de um fármaco muito pouco solúvel em água, a atorvastatina torna-se um possível candidato ao desenvolvimento de um método de dissolução baseado em uma correlação in vivo/in vitro. Deste modo, buscou-se desenvolver um método de dissolução associado a dados in vivo para comprimidos de atorvastatina. Avaliou-se a solubilidade do fármaco em diferentes meios, o tipo de aparato e a velocidade de agitação. As condições selecionadas foram: equipamento pá a 50 rpm e 900 mL do meio tampão fosfato de potássio pH 6,0. O método de dissolução foi validado utilizando CLAE e espectrofotometria no UV para quantificação do fármaco dissolvido. As condições de dissolução também foram avaliadas quanto ao seu poder discriminativo, empregando-se comprimidos de dois diferentes lotes pilotos de atorvastatina e do produto referência, apresentando resultado satisfatório. Foi necessário a utilização de um fator de escala de tempo, para associar os valores de fração absorvida e fração dissolvida do fármaco, podendo se construir, então, uma correlação in vivo/ in vitro nível A, com coeficiente de correlação de 0,9840 para o produto referência e 0,9845 para o piloto B. Sendo assim, o teste de dissolução proposto pode ser utilizado como método discriminativo de controle de qualidade para avaliar o perfil de dissolução da atorvastatina comprimido, bem como no desenvolvimento de novas formulações.
Abstract Atorvastatin is a major class of lipid-lowering drugs statins, being the most widely prescribed drug in the world to reduce cardiovascular disease. It is a potent inhibitor of HMG - CoA reductase limiting the synthesis of cholesterol and triglycerides. It was approved for use by FDA in 1996 and released in the Brazilian market in 1998. Although marketed for almost 15 years, atorvastatin coated tablet is not included in any compendium official or pharmacopoeia, with only, a condition described by the FDA for the dissolution test. Based on its biopharmaceutical classification and due the very slightly soluble drug in water, atorvastatin becomes a likely candidate for the development of a dissolution test based on in vivo in/vitro correlation. Thus, aimed to develop a dissolution method of atorvastatin tablets associated with in vivo data. The solubility of the drug in different media, the type of apparatus and stirring speed were evaluated. The conditions used were: Equipment paddle at 50 rpm and 900 ml of dissolution medium containing potassium phosphate buffer pH 6.0. The dissolution method was validated using HPLC and UV spectrophotometric for the quantification of the drug dissolved. The dissolution conditions were also evaluated for their discriminative power, using two different pilot batches of atorvastatin tablets and the reference product, presenting satisfactory results. It was necessary to use a scale factor of time, to associated the values of absorbed fraction and dissolved fraction of the drug, which can be built, a correlation in vivo/ in vitro level A, with a correlation coefficient of 0.9840 for the reference product and 0.9845 for the pilot B, respectively. Therefore, the dissolution test proposed can be used as method of discriminating the quality control, and in the development of the new formulations.
Tipo Dissertação
URI http://hdl.handle.net/10183/143332
Arquivos Descrição Formato
000865281.pdf (849.3Kb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.