Repositório Digital

A- A A+

Microbiota oral acidofílica associada ao uso de prótese total

.

Microbiota oral acidofílica associada ao uso de prótese total

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título Microbiota oral acidofílica associada ao uso de prótese total
Autor Scherer, Leonardo
Orientador Mengatto, Cristiane Machado
Co-orientador Parolo, Clarissa Cavalcanti Fatturi
Data 2012
Nível Graduação
Instituição Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Faculdade de Odontologia. Curso de Odontologia.
Assunto Bacteriologia bucal
Protese dentaria total
[en] Acidophilic microorganisms
[en] Bacteria
[en] Dentistry
[en] Dentures
Resumo Pacientes edêntulos que utilizam prótese dental total podem apresentar alterações do pH salivar e o meio bucal transformar-se em um reservatório de bactérias acidofílicas associadas às doenças bucais como estomatite protética, cárie e doença periodontal. O objetivo principal deste estudo foi de verificar se os pacientes edêntulos usuários de prótese total possuem pH salivar e microbiota oral acidofílica diferenciados dos pacientes dentados. Para isso, entre os pacientes que procuraram atendimento no Ambulatório de Gastroenterologia do Hospital de Clínicas de Porto Alegre, foram selecionados 14 voluntários, de ambos os gêneros, com idade entre 18 e 80 anos, e divididos em 2 grupos: pacientes edêntulos usuários de prótese total superior (grupo A) e totalmente dentados (grupo B), dos quais coletamos a saliva não-estimulada e o biofilme do dorso da língua, da região interna da prótese total, e do palato duro. Aferimos o pH salivar e fluxo salivar a partir da coleta de saliva não-estimulada e através de cultivo em meio específico foram identificados e contados os seguintes microrganismos: Estreptococos do grupo mutans (EGM), Lactobacillus spp., Candida spp. e anaeróbios totais. Os dados coletados foram tabulados, e analisados estatisticamente através do teste-t independente e Kruskal Wallis, para dados de distribuição homogênea ou heterogênea, respectivamente, com significância de 5%. A média de idade com desvio padrão (±) dos voluntários edêntulos que utilizavam prótese total foi de 63 anos (±9,3) e dos totalmente dentados, de 44 anos (±11,3). Indivíduos do grupo A tiveram uma taxa de fluxo salivar média de 0,2 (±0,03) mL/min. e o Grupo B de 0,4 (±0,11) mL/min., sem significado estatístico. O intervalo de pH salivar foi de 6-8 para o Grupo A e 7-8 para o Grupo B. As médias foram expressas em log10 das unidades formadoras de colônias (UFC) com seus respectivos percentiles (25%-75%), onde a proporção de EGM foi maior na saliva de indivíduos edêndulos que utilizavam prótese total em relação aos dentados totais: 4,04 (3,66 - 5,15) e 3,26 (0,47 - 3,53) (Kruskal Wallis, p<0,05), respectivamente. O mesmo ocorreu com a proporção de Lactobacillus spp., mas com erro padrão (±) na saliva e no palato duro 3,67 (± 0,76) e 1,31 (± 0,52); 1,67 (± 0,67) e 0, respectivamente (teste t independente, p<0,05). Nos demais locais não houve diferença estatística entre os grupos para a contagem de EGM, de Lactobacillus spp., de Candida spp. e anaeróbios totais. O presente estudo concluiu que níveis de Estreptococos do Grupo Mutans e Lactobacillus spp. estavam aumentados em indivíduos edêntulos que utilizavam prótese total.
Abstract Edentulous patients wearing dental prosthesis can show changes in total salivary pH and oral environment can become a reservoir of acidophilic bacteria associated with oral diseases as denture stomatitis, caries and periodontal disease. The objective of this study was to investigate whether edentulous denture wearers have differentiated salivary pH and acidophilic oral microbiota compared to dentate patients. For this, among the patients who searched treatment at the Clinic of Gastroenterology, at the Clinical Hospital of Porto Alegre, 14 volunteers were selected (both genders, between 18 and 80 years) and divided into two groups: edentulous denture wearers (group A) and dentate (group B). Non-stimulated saliva and biofilm were collected from the tongue, the inner region of the denture, and hard palate. The salivary pH and salivary flow were measured by the non-stimulated saliva and collected biofilm was diluted and spread on specific medium in order to identify and count the following microorganisms: Streptococcus mutans (EGM), Lactobacillus spp., Candida spp. and total anaerobes. The data were tabulated and statistically analyzed by independent t test and Kruskal-Wallis test for homogeneous or heterogeneous data distribution, respectively, with 5% significance. The average age with standart deviation (±) of the volunteers who used dentures and dentate was 63 years (± 9.3) and 44 (± 11.3), respectively. Subjects in Group A had an avarage salivary flow rate of 0,2 (±0.03) mL/min. and Group B 0.4 (±0.11) ml/min., without statistical significance. Salivary pH range was 6-8 to Group A and 7-8 to Group B. Mean values were expressed as the log10 of colony forming units (CFU) with their respective percentiles (25% - 75%), wherein the ratio of EGM was higher in the saliva of edentulous volunteers that used dentures compared to dentate subjects: 4.04 (3.66 to 5.15) and 3.26 (0.47 to 3.53) (Kruskal Wallis, p <0.05), respectively. The same occurred with the proportion of Lactobacillus spp. in saliva and hard palate 3.67 (± 0.76) and 1.31 (±0.52), 1.67 (±0.67) and 0, respectively (independent t test, p <0.05). In other places there was no significant statistical difference between groups for the count of EGM, Lactobacillus spp., Candida spp. and total anaerobes. This study concluded that the levels of EGM and Lactobacillus spp. were increased in edentulous subjects who used denture.
Tipo Trabalho de conclusão de graduação
URI http://hdl.handle.net/10183/143460
Arquivos Descrição Formato
000862804.pdf (1.262Mb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.