Repositório Digital

A- A A+

Alta diversidade vegetal campestre em ambiente urbano : um estudo de caso no sul do Brasil

.

Alta diversidade vegetal campestre em ambiente urbano : um estudo de caso no sul do Brasil

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título Alta diversidade vegetal campestre em ambiente urbano : um estudo de caso no sul do Brasil
Autor Rolim, Rosângela Gonçalves
Orientador Overbeck, Gerhard Ernst
Data 2013
Nível Graduação
Instituição Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Instituto de Biociências. Curso de Ciências Biológicas: Bacharelado.
Assunto Vegetação urbana
Resumo (Alta diversidade vegetal campestre em ambiente urbano - um estudo de caso no sul do Brasil) A vegetação constitui importante elemento da paisagem urbana, representado principalmente por jardins, praças e parques. A partir de uma praça de 2,64 hectares situada em Canoas, RS, este trabalho teve como objetivos avaliar riqueza e diversidade da área e discutir o potencial de pequenos espaços para a conservação da biodiversidade. O local tem histórico de criação de gado e período de abandono antes da inauguração da praça, que ocorreu entre 2001 e 2003. Nos últimos anos sofreu roçada com longo intervalo, se tornando mensais a partir de novembro de 2011. Por meio de estudo florístico e levantamento quantitativo da vegetação herbácea foram encontradas o total de 216 espécies, sendo 209 no estudo florístico e 89 no estudo quantitativo, distribuídas, respectivamente, em 43 e 21 famílias. Esta diversidade é composta especialmente por espécies nativas prostradas e gramíneas cespitosas que melhor suportam as roçadas mensais. Foi encontrada representativa cobertura de uma espécie exótica plantada, Zoysia cf. japonica, que demonstrou modificar estruturalmente a vegetação nativa. O estudo evidenciou semelhança vegetal com campos nativos da Depressão Central, além de grande diversidade para um pequeno fragmento no espaço urbano, algo desconsiderado, até agora, para vegetação de gramados. As informações fornecidas por este estudo podem constituir em um valioso auxílio na mudança de concepção sobre a importância da vegetação em ambiente urbano.
Abstract Vegetation is an important element of the urban landscape, represented primarily by gardens, squares and parks. From a square of 2.64 hectares located in Canoas, RS, this study aimed to evaluate richness and diversity of the area and discuss the potential of small spaces for biodiversity conservation. The site has a history of cattle and period of abandonment before the inauguration of the square, which occurred between 2001 and 2003. In recent years suffered mowing with long range, becoming monthly from November 2011. By quantitative and floristic study of herbaceous vegetation it was found total 216 species, of which 209 floristic study and 89 in quantitative studies distributed respectively in 43 and 21 families. This diversity is especially composed by native tussock grasses and prostrate that best support the monthly mowing. Found representative coverage of an exotic species planted Zoysia cf. japonica, which demonstrated structurally modify the native vegetation. The study showed vegetative similarity to native grasslands of Depressão Central, and big diversity to a small fragment of the urban space, something overlooked, until now, to vegetation lawns. The information provided by this study can be a valuable aid in changing conception of the importance of vegetation in the urban environment.
Tipo Trabalho de conclusão de graduação
URI http://hdl.handle.net/10183/143481
Arquivos Descrição Formato
000897675.pdf (1.308Mb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.