Repositório Digital

A- A A+

Qualidade de vida relacionada à saúde e adesão ao tratamento de pacientes com angina estável em retirada de nitrato : evidências de ensaio clínico randomizado

.

Qualidade de vida relacionada à saúde e adesão ao tratamento de pacientes com angina estável em retirada de nitrato : evidências de ensaio clínico randomizado

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título Qualidade de vida relacionada à saúde e adesão ao tratamento de pacientes com angina estável em retirada de nitrato : evidências de ensaio clínico randomizado
Autor Lemos, Karine Franke
Orientador Silva, Eneida Rejane Rabelo da
Co-orientador Polanczyk, Carisi Anne
Data 2012
Nível Mestrado
Instituição Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Faculdade de Medicina. Programa de Pós-Graduação em Ciências da Saúde: Cardiologia e Ciências Cardiovasculares.
Assunto Adesão à medicação
Angina estável
Nitratos
Qualidade de vida
[en] Angina pectoris
[en] Medication adherence
[en] Nitrates
[en] Quality of life
Resumo Introdução: O tratamento com nitrato fixo em pacientes com angina estável é comum na prática clínica. Contudo, os eventos adversos podem interferir na qualidade de vida relacionada à saúde (QVRS) e adesão ao tratamento medicamentoso. O objetivo do estudo foi comparar a QVRS e adesão ao tratamento em grupos de pacientes com angina estável em retirada e manutenção de nitrato. Métodos: Ensaio clínico randomizado conduzido com pacientes com angina estável em dois grupos: intervenção com retirada de nitrato e introdução de placebo e controle com manutenção de nitrato. Ambos os grupos receberam três avaliações: basal, 30 dias e 120 dias no período de quatro meses. A QVRS foi mensurada pelo Short Form Health Survey (SF-36) e Seattle Angina Questionnaire (SAQ), e a adesão foi aferida pela escala de Morisky e contagem de comprimidos. Resultados: 105 pacientes foram randomizados (51: placebo e 54: nitrato). Após quatro meses, observou-se maiores escores nos domínios de dor (63+19; 67+23; 72+24; P=0,004) e aspecto social (87+19; 91+21; 91+19; P=0,002) do SF-36 e no escore de limitação física (74+11; 78+10; 78+8; P=0,006) do SAQ no grupo nitrato, e redução do escore de estabilidade da angina (81+19; 72+20; 72+24; P=0,031) no grupo placebo. Contudo, o tamanho de efeito foi igual ou inferior a 0,42 nesses domínios. A adesão aferida no final entre os grupos foi significativamente maior no grupo intervenção (94% vs 80%; P=0,041) com a escala de Morisky, mas não houve diferença entre os grupos na contagem da medicação. Conclusão: Pacientes com angina estável em uso de nitrato em comparação aos pacientes com uso de placebo não tiveram comprometimento clinicamente relevante da QVRS, porém demonstraram pior adesão ao tratamento na escala de Morisky.
Abstract Background: Long-term nitrate treatment of stable angina is associated with adverse events and can interfere with health-related quality of life (HRQoL) and medication adherence. The aim of the present study was to compare HRQoL and adherence to treatment in patients with stable angina undergoing nitrate withdrawal and maintenance. Methods: Randomized clinical trial. Patients were allocated into an intervention group (nitrate withdrawal followed by introduction of placebo) or a control group (nitrate maintenance). The assessments were performed at baseline, 30 days, and 120 days with the Short Form Health Survey (SF-36) and the Seattle Angina Questionnaire (SAQ). Treatment adherence was measured by the Morisky scale and pill count. Results: 51 participants were randomized for replacement of nitrate with placebo and 54 for maintenance of treatment with nitrate. After four months, SF-36 scores increased for the bodily pain (P=0.004) and social functioning (P=0.002) in the nitrate maintenance group. Increased SAQ scores were also noted for physical limitations (P=0.006) in the nitrate maintenance group. SAQ score for angina stability (P=0.031) decreased in the placebo group. However, the effect size was small ! 0.42 in those domains. At the end of the study, adherence was significantly higher in the placebo group (P=0.041), but no difference was detected between the groups with the pill count method. Conclusion: HRQoL was similar in patients with stable angina using nitrate regularly as compared to patients undergoing nitrate withdrawal. However, adherence to treatment was lower in nitrate users according to the Morisky scale.
Tipo Dissertação
URI http://hdl.handle.net/10183/143487
Arquivos Descrição Formato
000891575.pdf (1.831Mb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.