Repositório Digital

A- A A+

Desempenho do DIAGNODent Pen na detecção e no monitoramento de lesões artificiais de cárie não cavitadas em superfícies lisas

.

Desempenho do DIAGNODent Pen na detecção e no monitoramento de lesões artificiais de cárie não cavitadas em superfícies lisas

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título Desempenho do DIAGNODent Pen na detecção e no monitoramento de lesões artificiais de cárie não cavitadas em superfícies lisas
Autor Sarti, Caroline Simão
Orientador Rodrigues, Jonas de Almeida
Data 2013
Nível Graduação
Instituição Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Faculdade de Odontologia. Curso de Odontologia.
Assunto Carie dentaria
[en] Demineralization
[en] Dental caries
[en] Fluorescence
Resumo Este trabalho teve como objetivo avaliar o desempenho da fluorescência a laser (DIAGNOdent pen, Kavo, Alemanha) na detecção e no monitoramento de lesões de cárie não cavitadas induzidas artificialmente. Foram utilizados 52 blocos de esmalte de dentes bovinos, os quais foram submetidos a dois ciclos de desmineralização utilizando cepas de S. mutans, L. casei e A. naeslundii. Cada espécie foi cultivada em ágar sangue por 48 horas. Recipientes com 30 ml de TSB com 0,5% de sacarose e 0,4 ppm de flúor receberam 10ml cada do inóculo multiespécie. Esses recipientes receberam os blocos e foram incubados por 48 horas. Após esta etapa os blocos foram adicionados individualmente a tubos contendo NaCl a 0,9% cada e agitados por 30 segundos. Após cada ciclo de desmineralização, os blocos tiveram suas superfícies submetidas ao sistema de espectroscopia RAMAN. Antes e após cada ciclo de desmineralização os blocos foram submetidos às medidas de microdureza superficial (Knoop) e de fluorescência a laser foram realizadas. Os valores médios de microdureza (±DP) foram 319,3 ± 21,5 (inicial), 80,5 ± 31,9 (1º ciclo) e 39,8 ± 12,7 (2º ciclo), com diferença estatisticamente significante entre os três períodos. (teste t; p<0,01). Os valores de fluorescência foram 4,3 ± 1,5 (inicial), 7,5 ± 9,4 (1º ciclo) e 7,1 ± 7,1 (2º ciclo), diferindo os períodos inicial e 1º ciclo (teste t; p=0,014). Não foi observada correlação (Coeficiente de Pearson) entre as medidas de fluorescência e a variação da microdureza (ΔKHN) nos três períodos de avaliação. Pode-se concluir que a fluorescência a laser foi efetiva em detectar a primeira desmineralização dos blocos de esmalte, porém não foi efetiva em monitorar sua progressão após dois ciclos de desmineralização.
Abstract The aim of this study was to evaluate the performance of a laser fluorescence device (DIAGNOdent pen, Kavo, Germany) to detect and to monitor the progression of caries-like lesions on smooth surfaces. Fifty-two bovine enamel blocks were submitted to two cycles of caries lesion induction using S. mutans, L. casei and A. naeslundii. Before and after each cycle, enamel blocks were analyzed under RAMAN espectroscopy, knoop superficial microhardness and laser fluorescence. Average values of superficial microhardness (±SD) were 319,3 ± 21,5 (baseline), 80,5 ± 31,9 (1º cycle) e 39,8 ± 12,7 (2º cycle) and statistical significant difference was found among all periods (t test; p<0,01). Fluorescence values were 4,3 ± 1,5 (baseline), 7,5 ± 9,4 (1º cycle) e 7,1 ± 7,1 (2º cycle), with difference between baseline and 1º cycle (t test; p=0,014). Any correlation (Pearson) was observed between fluorescence and superficial microhardness values. It can be concluded that laser fluorescence was effective in detecting the first demineralization on the enamel blocks, however the method did not show any effect in monitoring lesions progression after two cycles of demineralization.
Tipo Trabalho de conclusão de graduação
URI http://hdl.handle.net/10183/143509
Arquivos Descrição Formato
000899046.pdf (759.8Kb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.