Repositório Digital

A- A A+

Considerações sobre a abordagem da mulher fumante pelo profissional de saúde

.

Considerações sobre a abordagem da mulher fumante pelo profissional de saúde

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título Considerações sobre a abordagem da mulher fumante pelo profissional de saúde
Outro título Considerations on the approach to women smokers by healthcare professionals
Autor Corleta, Helena von Eye
Aguiar, Ana Paula
Bumaguin, Daniela Benzano
Nazar, Fernanda Luca
Salum Junior, Giovanni Abrahão
Brenner, Juliana Keller
Folador, Luciano
Katz, Natan
Birkhan, Oscar Augusto
Pellin, Paulo Peroni
Piccinini, Pedro Salomão
Detanico, Ana Bittencourt
Resumo Há uma distinção significativa no tratamento de fumantes conforme o gênero, uma vez que a mulher tem uma série de barreiras adicionais que dificultam o abandono do cigarro. O objetivo deste trabalho é discutir a abordagem da paciente fumante. O tratamento do fumante tem como eixo fundamental a abordagem cognitivo-comportamental, com a finalidade de informá-lo sobre os riscos do tabagismo e benefícios de parar de fumar, motivá-lo e apoiá-lo nesse processo, fornecendo orientações para que possa lidar com a síndrome de abstinência, a dependência psicológica e os condicionamentos associados ao hábito de fumar. Essa abordagem pode ser apoiada por medicamentos que diminuem os sintomas da síndrome de abstinência. É importante determinar os níveis de dependência de cada fumante, o grau de motivação para abandonar o hábito de fumar, condições e tempo de exposição ao tabaco, bem como diferenciar as fases de experimentação ou de uso regular do cigarro, a fim de poder avaliar adequadamente o paciente e prepará-lo para deixar o fumo. Nessa abordagem, há cinco passos a serem seguidos: perguntar, avaliar, aconselhar, preparar e acompanhar.
Abstract Subtle, but significant distinctions exist in the treatment of smokers of both genders. When compared to men, women have some additional difficulties, which make quitting more of a challenge. The aim of this study is to discuss the approach of patients who smoke. Treatment of smokers is based fundamentally on a cognitive-behavioral approach, with the aim of informing them about the risks of smoking and the benefits of giving up, motivating and supporting them during the process of quitting, helping smokers deal with the abstinence syndrome, psychological dependence and the conditioning associated with the habit of smoking. It is important to determine the level of dependence for each smoker, the level of motivation for quitting, the conditions and duration (time period) of exposure to tobacco, as well as to differentiate between mere experimentation and regular cigarette use in order to adequately evaluate smokers and counsel them as best as possible, preparing them to abandon their habit, and following up after they have quit smoking. This approach can be supported by medications which reduce the symptoms of the abstinence syndrome. This cognitive-behavioral treatment encompasses five steps (the five A´s): Asking, Assessing, Advising, Assisting and Arranging (follow-up).
Contido em Revista de ciências médicas. Campinas, SP. Vol. 17, n. 3-6 (maio/dez. 2008), p. 193-199
Assunto Mulheres
Pessoal de saúde
Tabaco
[en] Health personel
[en] Smoking
[en] Smoking cessation
[en] Women
[por] Fumo
Origem Nacional
Tipo Artigo de periódico
URI http://hdl.handle.net/10183/143563
Arquivos Descrição Formato
000701287.pdf (160.5Kb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.