Repositório Digital

A- A A+

Eficácia da remoção parcial de tecido cariado em dentes decíduos : ensaio clínico controlado randomizado

.

Eficácia da remoção parcial de tecido cariado em dentes decíduos : ensaio clínico controlado randomizado

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título Eficácia da remoção parcial de tecido cariado em dentes decíduos : ensaio clínico controlado randomizado
Autor Franzon, Renata
Orientador Araujo, Fernando Borba de
Data 2012
Nível Doutorado
Instituição Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Faculdade de Odontologia. Programa de Pós-Graduação em Odontologia.
Assunto Carie dentaria
Dentes : Deciduos
Dentina
Resinas compostas
Restauracoes
[en] Children behavior
[en] Composite resin
[en] Dental anxiety
[en] Dental caries
[en] Dental restoration
[en] Dentin
[en] Primary teeth
[en] Survival analyses
Resumo A remoção parcial de tecido cariado (RPTC) em lesões profundas de cárie em dentes decíduos tem demonstrado excelentes resultados clínicos, radiográficos e microbiológicos. No entanto, o desempenho das restaurações com resina composta em dentes que tiveram esse tratamento ainda merece esclarecimentos. O objetivo desse trabalho foi investigar a taxa de manutenção de restaurações sobre tecido cariado através de uma revisão sistemática de literatura e de um ensaio clínico controlado randomizado. Métodos: Cinquenta e uma crianças de 3 a 8 anos de idade (28 meninos e 23 meninas) portadoras de ao menos um molar com lesão profunda de cárie foram incluídas no estudo. Os dentes foram aleatoriamente divididos de acordo com os seguintes tratamentos: Grupo controle: Remoção total de tecido cariado (RTTC) e teste: Remoção parcial de tecido cariado (RPTC). Nos casos em que ocorreu exposição pulpar foi realizada pulpotomia. Três Odontopediatras realizaram os procedimentos que foram acompanhados em 3, 6,12, 18 e 24 meses. Todos os procedimentos foram realizados sob anestesia local e isolamento absoluto. No início e no final do procedimento as crianças reportaram sua ansiedade através de duas escalas: Venham Picture Test (VPT) e Facial Image Scale (FIS). O comportamento da criança durante o atendimento foi avaliado através da escala de Sarnat. Em todos os momentos experimentais foram avaliados os aspectos clínicos e radiográficos dos tratamentos e as restaurações foram analisadas por um examinador cego e calibrado através do USPHS modificado.Para determinar as taxas de sucesso clínico e radiográfico e das restaurações de resina composta foram geradas curvas de sobrevida com o estimador Kaplan-Meyer. A distribuição dos indivíduos cooperativos e não cooperativos de acordo com diferentes variáveis independentes, assim como as comparações das escalas FIS e VENHAM entre os três tratamentos, foram avaliadas utilizando-se o teste de Qui-quadrado. Resultados: Quarenta e oito crianças e 120 dentes foram incluídos na análise. Dentre as variáveis analisadas, apenas o tempo de atendimento afetou significativamente o comportamento das crianças (p=0,018). No grupo RTTC ocorreram 15 casos de exposição pulpar (27,5%), enquanto que no grupo RPTC apenas 1 caso (2%). As taxas de sucesso clínicoradiográfico após RPTC e RTTC foram 92% e 98%, respectivamente (p=0,14). Foi observada uma tendência a menor taxa de sucesso clínicoradiográfico em cavidades oclusoproximais (92%) em comparação com cavidades oclusais (100%), porém não estatisticamente significante (p=0,08). Não houve diferença significativa entre os operadores. A taxa de sobrevida das restaurações foi de 66%, 85% e 92%, para os grupos RPTC, RTTC e pulpotomia, respectivamente, após 24 meses, (p=0,09). Quando a taxa de sobrevida das restaurações foi avaliada de acordo com o tratamento e o tipo de cavidade, foi observada taxa de sobrevida significativamente menor (p=0,007) para restaurações do tipo oclusoproximais após RPTC (52%).Por outro lado, os maiores percentuais 10 de sobrevida das restaurações foram observados em cavidades oclusais após RPTC (95%). A revisão de literatura demonstrou que o sucesso das restaurações aumenta quanto menor o número de superfícies envolvidas, assim, cavidades classe I apresentaram em torno de 90% de sucesso e diminui para 50% quando mais de uma superfície foi restaurada. Conclusões: As restaurações de resina composta sobre tecido cariado necessitam de proservação em curtos períodos de tempo para manutenção e reparo.
Abstract Partial caries removal in deep carious lesions of primary teeth has been demonstrated excellent clinical, radiographs and microbiological results. However, the clinical performance of composite resin restorations placed over the demineralized dentin need more information. The objective of this work was to investigate the restoration performance over carious tissue trough a literature systematic review and a randomized controlled clinical trial. Methods: Fifty-one children aged from 3 to 8 years old (28 boys and 23 girls) with, at least, one molar with deep carious lesion were included in this clinical trial. The teeth were randomly divided according to the following treatments: Control group - total caries removal (TCR); and Test - partial caries removal (PCR). In case of pulp exposure during dentinal excavation, pulpotomy was performed. Three Pediatric Dentist made the procedures that were followed-up by 3, 6, 12, 18 and 24 months. All procedures were performed under local anesthesia and rubber dam isolation. At the beginning and right after the procedure the children reported their anxiety through two scales: Venham Picture Test (VPT) and Facial Image Scale (FIS). The children behavior during the attendance was valued through Sarnat scale. During the time course follow-up clinical and radiographic aspects of the treatments were evaluated and the restorations analyzed by a calibrated and blinded examiner through modified USPHS. To determine the clinical and radiographic outcomes of composite restorations the groups were statistically analyzed using Kaplan-Meier survival followed by Log Rank. The distribution of cooperatives and non-cooperatives subjects in accordance with different independent variables as well as FIS and VENHAM comparisons between the tree treatments were availed using Qui-square test. Results: The final sample was comprised by forty-eight children and 120 teeth. Among all the analyzed variables, only the time spent for the procedure significantly affected the children behavior (p=0.018) The total caries removal procedure produced 15 pulp exposures (27.5%), while the same event occurred only in one case for the PCR group (2%). The clinical- radiographic success rate after PCR and TCR were 92% and 98%, respectively (p=0.14). It was observed a tendency to lower clinical-radiographic success rate in oclusoproximal cavities (92%) in comparison with oclusal (100%) but without statistic significance (p=0.08). The restorations survival rate was 66%, 85% and 92% to PCR, TCR and pulpotomy groups, respectively after 24 months follow-up (p=0.09). When the restorations survival rate was evaluated in accordance with type of treatment and the type of cavity was observed a significant lower survival rate (p=0.007) to oclusoproximal restoration after PCR (52%). On the other hand, the highest restorations survival was observed in oclusal cavities with partial caries removal (95%). The literature review shows that success rate increases with the decrease of involved surface at the restoration, thus class I restorations presented around 90% of success and it decreases below to 50% if more than one surface are restored. Conclusions: The composite resin restorations placed over caries tissue need shorter follow-up time to evaluate the necessity of being repaired or replaced.
Tipo Tese
URI http://hdl.handle.net/10183/143682
Arquivos Descrição Formato
000867538.pdf (884.3Kb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.