Repositório Digital

A- A A+

Fatores clínicos, econômicos e infecções em pacientes onco hematológicos submetidos a quimioterapia e/ou transplante de células tronco hematopoéticas

.

Fatores clínicos, econômicos e infecções em pacientes onco hematológicos submetidos a quimioterapia e/ou transplante de células tronco hematopoéticas

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título Fatores clínicos, econômicos e infecções em pacientes onco hematológicos submetidos a quimioterapia e/ou transplante de células tronco hematopoéticas
Autor Neto, Denise Pereira
Orientador Silla, Lucia Mariano da Rocha
Data 2012
Nível Mestrado
Instituição Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Faculdade de Medicina. Programa de Pós-Graduação em Medicina: Ciências Médicas.
Assunto Neutropenia : Quimioterapia
Transplante de células-tronco hematopoéticas
[en] Comorbidities
[en] Economic Level
[en] Hematopoietic Stem Cell Transplantation
[en] Infection
[en] Neutropenia
Resumo INTRODUÇÃO: As infecções causadas pela neutropenia severa são as causas mais frequentes de morbidade em pacientes submetidos à quimioterapia e Transplante de Células Tronco Hematopéticas (TCTH). Além da neutropenia prolongada vários fatores como o uso de dispositivos intravenosos, mucosite, condições clinicas prévias, tipo de tratamento e tempo de internação também contribuem para o desenvolvimento de infecções. A classe socioeconômica parece influenciar em uma série de desfechos no tratamento do câncer. A análise destas correlações é importante para determinar um melhor desfecho clinico para estes pacientes. OBJETIVO: verificar a relação entre perfil clinico e condições econômicas com o desenvolvimento de complicações infecciosas em pacientes submetidos a quimioterapia e TCTH. MÉTODO: Foi realizado um estudo de coorte prospectivo com 89 pacientes adultos e crianças submetidos a quimioterapia e/ou TCTH que internaram na Unidade de Ambiente Protegido (UAP) do Hospital de Clinicas de Porto Alegre (HCPA). O período de coleta de dados foi de Abril de 2011 a Maio de 2012, e o método foi através de acompanhamento clínico diário e análise de prontuário eletrônico. Foram analisados os desfechos de infecções correlacionados com o perfil clinico e status econômico. RESULTADO: Pacientes com comorbidades foram 35(39,3%). A classe econômica foi classificada A+B igual (37) 41,6% e classe C+D igual (52) 58,6%. Dos pacientes analisados 85,4% apresentaram algum tipo de infecção, sendo as bacterianas as mais frequentes (37) 41,6% e mucosite verificada em (79) 88,8%. Em relação à classe econômica, o grupo C+D apresentou RR 1,2 e P 0,005 para o desfecho infecção. CONCLUSÃO: constatamos que pacientes submetidos à quimioterapia e/ou TCTH com comorbidades apresentam maior risco para infecções, e que o grupo de classe econômica A+B foi associada a menor incidência de infecções e de tempo de internação que a classe C + D durante o período de tratamento.
Abstract INTRODUCTION: The infections caused by severe Neutropenia are the most frequent causes of morbidity and mortality in patients undergoing chemotherapy and Hematopoietic Stem Cell Transplantation (HSCT). Besides the extended Neutropenia, other factors like the use of intravenous devices, mucositis, previous clinical conditions, kind of treatment, economic class and length of stay in hospital contribute to the development of infections. The present analysis of these correlations is important to establish the best clinical outcome for these patients. OBJECTIVE: The objective of this study is to verify the clinical profile, the economic conditions and the infectious complications in patients undergoing chemotherapy and HSCT. METHOD: A prospective cohort study was performed with 89 patients, adults and children, undergoing chemotherapy and/or HSCT admitted at the Unit of Protected Environment (UAP) at the Hospital de Clínicas de Porto Alegre (HCPA). The data were collected from April 2011 to May 2012, through the method of a daily monitoring and analysis of the electronic medical records. The outcomes of infections correlated to the clinical profile and economic status were analyzed. RESULT: Patients with comorbidity represented 39,3%. The economic class was ranked as: A+B equal to 41,6% and class C+D equal to 58,6%. From the analyzed patients, 84,5 % presented some kind of infection, with more frequency to the bacterial infection (41,6%) and mucositis representing 88,8%. In relation to the economic class the C+D group presented RR 1,2 and P 0,005 to the outcome of the infection. CONCLUSION: We concluded that patients undergoing chemotherapy and/or HSCT with comorbidities presented a higher risk of infection, and that the A+B economic class was associated to a lower incidence of infections and length of stay in hospital than the class C+D during the period of treatment.
Tipo Dissertação
URI http://hdl.handle.net/10183/143690
Arquivos Descrição Formato
000868409.pdf (2.276Mb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.