Repositório Digital

A- A A+

A importância da estrutura ambiental para a comunidade de peixes nas conexões interlagunares de um sistema costeiro subtropical

.

A importância da estrutura ambiental para a comunidade de peixes nas conexões interlagunares de um sistema costeiro subtropical

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título A importância da estrutura ambiental para a comunidade de peixes nas conexões interlagunares de um sistema costeiro subtropical
Outro título The importance of the environmental structure for fish’s community in interlakes connections of a subtropical coastal system
Autor Silveira, Rafael Almeida da
Orientador Hartz, Sandra Maria
Co-orientador Becker, Fernando Gertum
Data 2016
Nível Mestrado
Instituição Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Instituto de Biociências. Programa de Pós-Graduação em Ecologia.
Assunto Dispersão
Ictiofauna
Planície costeira : Rio Grande do Sul
Tramandaí (RS)
[en] Coastal plain
[en] Dispersion
[en] Environmental filters
[en] Fish fauna
Resumo A conectividade é um fator chave na manutenção de metacomunidades. A conectividade hidrológica vem sendo estudada ao longo dos anos, porém poucos trabalhos de fato discriminam, apropriadamente, os conceitos de conectividade estrutural e funcional. O sistema Tramandaí possui formação geológica recente, situa-se na região do litoral norte do estado do Rio Grande do Sul e possui 41 lagoas conectadas por canais que foram categorizados previamente através de valores de atrito baseados no custo de dispersão dos peixes. Porém, essas conexões não foram exploradas empiricamente, com isso nosso objetivo é investigar a composição de peixes e a influência da configuração do hábitat na estruturação e dinâmica desta ictiofauna interlagunar. Foram amostrados 56 sítios ao longo de 23 conexões entre as estações quente e fria, onde foram coletados peixes com rede de arrasto e puçá e foram realizados levantamentos da estrutura de hábitat local. As análises mostraram alta correlação entre as espécies das lagoas e das conexões, indicando um efeito de massa no sistema. O tamanho das espécies foi em média pequeno, fortalecendo a ideia de que as margens de ambientes aquáticos servem de berçário e proteção contra a predação. A categorização baseada em valores de atrito prediz uma diferenciação em termos de hábitat e composição de espécies nas conexões. Além disso, foi detectada influência de fatores ambientais como temperatura, fluxo de água e transparência sobre a riqueza – sendo que a temperatura apresentou relação direta e fluxo de água e transparência relação inversa. A temperatura, galhos e troncos, largura, fluxo de água, oxigênio dissolvido e salinidade influenciaram a composição de espécies principalmente no verão. No inverno foi detectada pouca influência do hábitat sobre a composição. Estes resultados indicam que a configuração do hábitat nas conexões é importante para determinar apropriadamente a conectividade interlagunar do sistema, principalmente em períodos de grande ocupação destes ambientes. O gradiente ambiental (espacial e temporal) nas conexões, e a influência do hábitat na composição de espécies, mostram que além do modelo de efeito de massa, a seleção de espécies pelas condições de hábitat é atuante nessa metacomunidade.
Abstract The connectivity is a key factor on structuring metacommunities. The hydrological connectivity has been studied along the years, but only a few works indeed properly distinct the concepts of structural and functional connectivity. The Tramandaí system is a geological early formation located in the north coast of the Rio Grande do Sul state in Southern Brazil and has 41 costal lagoons connected by channels. These connections were categorized by friction values based on costs of dispersion for fishes. But, those connections were never explored empirically, and our goal is to investigate the fish composition and the influence of habitat configuration on the fish fauna dynamics and structure along the connections to access the more realistic functional connectivity. 56 sites in 23 connections were sampled in both warm and cold seasons, the fishes were collected by seine and dip net and also habitat surveys were conducted. The data analysis showed high correlation between the lagoons and the connections species, suggesting a mass effect in the system. The species body size were average small, empowering the idea that shore habitats works as nursery areas and for predator avoidance. The connection’s categories based on friction values indeed predict habitats and composition distinctiveness. Environmental features were detected as influent over richness, like the temperature with a direct relation and water flow and transparency in an inverse relation. The temperature, branches and trunks, width, water flow, dissolved oxygen and salinity influenced the species composition along the year and in the summer. In the winter a short influence of the habitat configuration over composition were detected. This results indicate that the habitat configuration in the connections is important to determinate properly the functional connectivity, mainly in high occupation periods in this environments, like in the summer. The environmental gradient (both temporal and spatial) in the connections, and the habitat influence over the species composition, show that not only the mass effect, but also the species sorting acts in this metacommunity.
Tipo Dissertação
URI http://hdl.handle.net/10183/143877
Arquivos Descrição Formato
000993200.pdf (952.0Kb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.