Repositório Digital

A- A A+

Elementos anarquistas no cotidiano de uma organização contemporânea o caso da casa da cultura digital de Porto Alegre

.

Elementos anarquistas no cotidiano de uma organização contemporânea o caso da casa da cultura digital de Porto Alegre

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título Elementos anarquistas no cotidiano de uma organização contemporânea o caso da casa da cultura digital de Porto Alegre
Outro título Anarchist elements in the quotidian of a contemporary organization : the case of the casa da cultura digital of Porto Alegre
Autor Chiesa, Carolina Dalla
Cavedon, Neusa Rolita
Resumo Neste trabalho, objetivamos evidenciar a presença de elementos anarquistas no cotidiano de uma organização que trabalha com cultura digital na cidade de Porto Alegre. Utilizamos o método etnográfico para aproximação com o universo empírico organizacional buscando a compreensão de significados que permeiam certa realidade cotidiana. Embasamos nossas reflexões, principalmente, no pensador anarquista, Proudhon e em alguns desdobramentos das teorizações do autor anarquista na área da Administração a exemplo da noção de autogestão. Para tanto, buscamos elementos passíveis de serem atrelados à doutrina anarquista, descrevendo a organização a partir de discursos e práticas que estão colocados na rejeição à hierarquia, à autoridade, na proeminência da pluralidade, na horizontalidade, na espontaneidade nas relações, bem como na crítica à ideia de ‘propriedade’, também através da expressão hacker da cultura digital tomada a partir do movimento do software livre, sobre o qual fazemos um pequeno resgate histórico com vistas a argumentar a relação entre anarquia e hackerativismo. Buscamos, com isso, contribuir para a aproximação da área com formas organizacionais não convencionais que revelam um modo de organizar informado por pressupostos afastados do mainstream administrativo.
Abstract In this article, we aim at evidencing the presence of anarchist elements in the quotidian of an organization that works on digital culture in the city of Porto Alegre. We utilized the ethnographic method in order to approximate the empirical realm aiming to the comprehension of meanings that permeate certain quotidian reality. We based our reflections mainly on the anarchist thinker, Proudhon and some unfolding of the anarchist’s theories in the Management area bearing in mind the notion of self-management. For that, we search for elements that can be related to the anarchist doctrine by describing the organization from its discourses and practices that are visible in the rejection of hierarchy, authority, in the prominence of plurality, horizontality, in the spontaneity of the relationships, as well as in the critics regarding the idea of “property”, also through the hacker expression of the digital culture taken by the free software movement, of which we did a small historical recount in order to argue the relationship between anarchy and hackeractivism. With it, we aim to contribute to the approximation of the area with non conventional organizational forms, revealing a mode of organizing informed by some apart from administrative mainstream assumptions.
Contido em Gestão.Org : Revista eletrônica de gestão organizacional [recurso eletrônico]. Recife, PE. Vol. 13, n.1 (jan./jun. 2015), p. 11-23
Assunto Anarquismo
Cultura digital
Etnografia
Hacker
[en] Anarchy
[en] Digital
[en] Ethnography
[en] Hacker
Origem Nacional
Tipo Artigo de periódico
URI http://hdl.handle.net/10183/143904
Arquivos Descrição Formato
000996459.pdf (301.1Kb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.