Repositório Digital

A- A A+

Career and family life : a study of bank executives

.

Career and family life : a study of bank executives

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título Career and family life : a study of bank executives
Outro título Carreira e vida familiar : um estudo com executivos bancários
Outro título Carrera y vida familiar : un estudio con ejecutivos bancarios
Autor Oltramari, Andréa Poleto
Grisci, Carmem Ligia Iochins
Eccel, Cláudia Sirangelo
Abstract This article aimed to describe the implications considering the choice for banking career in the division of family labor and its consequences for women´s professional life. The theoretical and empirical study included 14 interviews with seven couples, all men were bank executives. Collective categories were constructed during the analysis and were discussed considering the theoretical framework, especially gender and career. The results indicate workload for the wives of bankers and losses relating to their own career as a result of the need to follow their husbands across the geographic mobility that banks impose to them. Banking careers wind up repeating the man’s role as the main financial provider in the family.
Resumo Este artigo objetivou descrever as implicações da escolha pela carreira bancária na divisão do trabalho familiar e suas consequências para a vida profissional das mulheres. Para tanto, o estudo teórico-empírico contou com a realização de 14 entrevistas em profundidade com sete casais, sendo todos os homens executivos bancários. A análise de conteúdo resultou em categorias de cunho coletivo discutidas à luz do referencial teórico, especialmente, gênero e carreira. Os resultados indicam sobrecarga de trabalho para as esposas de executivos bancários, bem como prejuízos relativos à sua própria carreira em decorrência da necessidade de acompanharem seus esposos frente à mobilidade geográfica que os bancos lhes impõem. As carreiras bancárias acabam por reiterar o papel do homem como principal provedor financeiro na família.
Resumen Este artículo tuvo como objetivo describir las consecuencias de la elección de carrera bancaria en la división del trabajo familiar y sus consecuencias para la vida profesional de las mujeres. Así, el estudio teórico y empírico incluye la realización de 14 entrevistas con siete parejas, siendo todos los hombres ejecutivos bancarios. Durante el análisis fueron construidas categorías colectivas, y fueron discutidas tomando en cuenta el marco teórico, considerando especialmente los de género y de carrera. Los resultados indican la carga de trabajo para las esposas de los banqueros, y las pérdidas relativas sobre su propia carrera como consecuencia de la necesidad de seguir a sus esposos a través de la movilidad geográfica que los bancos les impone a los hombres. Las Carreras Bancarias terminan repitiendo el papel del hombre como el principal proveedor financiero en la familia.
Contido em Revista brasileira de orientação profissional. São Paulo. Vol. 16, n.2 (jul./dez. 2015), p. 185-195
Assunto Carreira profissional
Executivo
Trabalho bancário
Vida familiar
[en] Banker
[en] Banking job
[en] Career
[en] Family life
[es] Banquero
[es] Carrera
[es] Trabajo bancario
[es] Vida familiar
Origem Nacional
Tipo Artigo de periódico
URI http://hdl.handle.net/10183/143910
Arquivos Descrição Formato
000996364.pdf (364.1Kb) Texto completo (inglês) Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.