Repositório Digital

A- A A+

Reabsorções radiculares internas simuladas : desenvolvimento de nova metodologia com desmineralização ácida e análise volumétrica com diferentes protocolos de aquisição tomográfica

.

Reabsorções radiculares internas simuladas : desenvolvimento de nova metodologia com desmineralização ácida e análise volumétrica com diferentes protocolos de aquisição tomográfica

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título Reabsorções radiculares internas simuladas : desenvolvimento de nova metodologia com desmineralização ácida e análise volumétrica com diferentes protocolos de aquisição tomográfica
Outro título Development of a new in vitro methodology to simulate internal root resorption and influence of different tomographic protocols in the measurement volume
Autor Silveira, Priscila Fernanda da
Orientador Silveira, Heloísa Emília Dias da
Data 2013
Nível Mestrado
Instituição Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Faculdade de Odontologia. Programa de Pós-Graduação em Odontologia.
Assunto Radiografia computadorizada
Reabsorção da raiz
[en] Cone-Beam Computed Tomography
[en] Methodology
[en] Root resorption
Resumo Introdução: As reabsorções radiculares internas (RRI) são lesões de difícil prognóstico e o diagnóstico é baseado em exames clínicos e de imagem. Estudos que avaliam a acurácia dos exames por imagem para a detecção de RRI, utilizam simulações realizadas por brocas, criando cavidades com forma e limites definidos diferentes da realidade clínica. Além disso, sabe-se que tão importante quanto a detecção da lesão de RRI é a capacidade de visualização do envolvimento da estrutura dentinária adjacente. Assim, este trabalho objetivou desenvolver uma nova metodologia para simulação de RRI com base na desmineralização ácida e, após, testar a influência de diferentes protocolos de aquisição de imagens tomográficas na medição do volume dessas lesões. Materiais e métodos: Foi testada uma metodologia de simulação de RRI, com ação progressiva de ácido nítrico 5% e hipoclorito de sódio 8%, em onze dentes monorradiculares. As cavidades geradas foram avaliadas em Microscopia Eletrônica de Varredura (MEV) e as medidas de diâmetro e profundidade foram correlacionadas com os tempos de ação do ácido. Imagens de Tomografia Computadorizada de Feixe Cônico (TCFC) foram adquiridas de todos os dentes da amostra em dois aparelhos, de FOV amplo e restrito, com três protocolos de tamanho de voxel cada: I-Cat Next Generation (voxel 0,200; 0,250; 0,300 mm) e Kodak 9000 3D (voxel 0,076; 0,100; 0,200 mm). As simulações de RRI foram mensuradas com uma ferramenta de cálculo de volume do software Dolphin 3D. Os valores médios de volume das cavidades foram comparados com Análise de Variância (ANOVA) e Teste Tukey ( =0,05). A validação das mensurações de volume obtidas pelo software foi realizada por meio de moldagem das cavidades com silicona de adição. Resultados: As simulações de RRI reproduziram lesões de diferentes tamanhos e com profundidades de 0.22 mm a 1.59 mm. Em relação às medidas volumétricas, não houve diferença estatística significante (P<0,05) entre os volumes de RRI mensurados a partir dos dois menores tamanhos de voxel em cada aparelho de TCFC, mas ambos foram diferentes estatisticamente (P>0,05) do volume calculado com os maiores tamanhos de voxel. Ainda, as médias de volume a partir das impressões em silicona foram menores que as mensuradas pelo voxel 0,200 mm. Conclusão: A metodologia de simulação de RRI proposta gerou cavidades com limites irregulares e com razão de diâmetro:profundidade mais semelhante ao processo de RRI in vivo. Diferentes protocolos de TCFC influenciam nas medidas de volume de RRI simuladas, ressaltando a importância da padronização na aquisição das imagens para acompanhamento dessas lesões.
Abstract Introduction: The internal root resorption (IRR) injuries are difficult to predict and the diagnosis is based on clinical and radiographic examination. Studies that evaluated the accuracy of imaging tests for the detection of IRR using simulations produced by burs, created cavities with different forms and limits of clinical reality. Furthermore, it is known that as important as the IRR detection is the ability to preview the involvement of adjacent dentinal structure. Thus, this study aimed to develop a new methodology for IRR simulation-based with acid demineralization and after investigate the influence of different tomographic protocols in the measurement of the IRR lesions volume. Materials and methods: A methodology was desenvolved for simulation of IRR with progressive action of 5% nitric acid and 8% sodium hypochlorite in eleven teeth single-rooted. IRR cavities produced were evaluated by scanning electron microscopy (SEM), measured in diameter and depth and after correlated with the acid times. Cone Beam Computed Tomography (CBCT) images were acquired of all teeth in two tomography devices, with large and restrict field of view (FOV) using three voxel sizes protocols: I-Cat Next Generation (voxel 0.200, 0.250, 0.300 mm) and Kodak 9000 3D (voxel 0.076, 0.100, and 0.200 mm). IRR simulations were measured with a tool for calculating volume of the Dolphin 3D software. Volume means of the IRR cavities were compared using Analysis of Variance (ANOVA) and Tukey test ( = 0.05). A validation of the tomographic measurements was performed with addition silicone impression. Results: The simulations reproduced IRR lesions with different sizes and depths (0.22mm to 1.59mm). Regarding volumetric measurements, there was no statistically significant (P<0,05) difference between the IRR volumes measured from the two smaller voxel sizes in each CBCT device, but both were statistically different (P>0,05) from the calculated volume with larger voxel sizes. Still, the volume means from silicone impressions were lower than those measured at 0.200 mm voxel. Conclusion: The IRR simulation methodology generated cavities with irregular borders and diameter:depth ratio more similar to in vivo process of IRR. Different protocols of CBCT influences the volume measures of IRR simulated, emphasizing the importance of standardization in the acquisition of CBCT images for monitoring these lesions.
Tipo Dissertação
URI http://hdl.handle.net/10183/143921
Arquivos Descrição Formato
000911537.pdf (9.001Mb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.