Repositório Digital

A- A A+

Perfil clínico e epidemiológico de pacientes investigados para a doença de Chagas atendidos no Laboratório Central do Estado do Rio Grande do Sul, entre os anos de 2002 a 2009

.

Perfil clínico e epidemiológico de pacientes investigados para a doença de Chagas atendidos no Laboratório Central do Estado do Rio Grande do Sul, entre os anos de 2002 a 2009

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título Perfil clínico e epidemiológico de pacientes investigados para a doença de Chagas atendidos no Laboratório Central do Estado do Rio Grande do Sul, entre os anos de 2002 a 2009
Outro título Clinical and epidemiological profile of patients investigated for Chagas disease treated at the Central Laboratory of the State of Rio Grande do Sul, between the years 2002-2009
Autor Longhi, Conrado
Orientador Spalding, Silvia Maria
Data 2013
Nível Graduação
Instituição Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Faculdade de Farmácia. Curso de Farmácia.
Assunto Doença de Chagas
Epidemiologia
[en] Central Laboratory
[en] Chagas Disease
[en] Clinical and epidemiological profile
Resumo A doença de Chagas atinge a América Latina com relatos de casos em áreas não endêmicas. Cerca de oito milhões de pessoas estão infectadas e 25 milhões em áreas de risco. No Brasil, cerca de 60 a 70% dos pacientes infectados encontram-se na forma crônica indeterminada. A vigilância epidemiológica deve identificar as áreas com maior risco de infecção vetorial, muitas vezes causada por mudanças ambientais, sociais e econômicas. Este trabalho teve como objetivo avaliar o perfil clínico e epidemiológico de pacientes com sorologia positiva para doença de Chagas atendidos no Laboratório Central do Estado do RS (IPB-LACEN/RS) nos anos de 2002 a 2009. Foram analisadas 1.665 entrevistas realizadas. Observou-se que o maior número de pessoas tem naturalidade nas macrorregiões sul e dos Vales do RS, porém a maioria dos portadores da doença reside na macrorregião metropolitana de saúde. O conhecimento sobre o vetor da doença não aumentou entre os anos de 2002 e 2009. A faixa etária entre 31 e 60 anos de idade concentrou 77,29% dos pacientes entrevistados, 0,88% dos portadores tem entre zero e dez anos de idade. Na amostra populacional avaliada: 56,32% é do gênero masculino; 18,92%, 4,79% e 11,77% apresenta sintomas cardíacos, esofágicos e intestinais, respectivamente; 20,76% efetuaram tratamento com benzonidazol; 77,71% realizaram doação de sangue e 15,12% receberam transfusão sanguínea. O estudo propiciou traçar um perfil da Doença de Chagas no RS na população atendida pelo Laboratório de referência do Estado.
Abstract Chagas Disease affects Latin America with reports of cases in non-endemic areas. About eight million people are infected and 25 million are living in risk areas worldwide. In Brazil, about 60-70 % of infected patients are in the chronic indeterminate state. Surveillance should identify areas at risk of vector infection, often associated to environmental changes, social and economic. This study aimed to evaluate the clinical and epidemiological profile of patients with positive serology for Chagas Disease diagnosed the Central Laboratory of the State of RS (IPB-LACEN/RS) in the years 2002-2009. We have analysed 1.665 interviews. It was observed that the greatest number of people were born in South and in the Vales macroregions of the RS, but the majority of the patients are living in the metropolitan macroregion of health. Knowledge about the disease vector did not increase between the years 2002 and 2009. The age group between 31 and 60 years old concentrated 77.29 % of patients, moreover 0.88 % of patients are between zero and ten years old. In the population sample: 56.32 % is male, 18.92 %, 4.79 % and 11.77 % have cardiac, esophageal and intestinal symptoms, respectively, 20.76 % received treatment with benzonidazole; 77.71 % underwent blood donation and 15,12% received blood transfusion. The study drew a profile of Chagas Disease between the population from the reference laboratory of the RS.
Tipo Trabalho de conclusão de graduação
URI http://hdl.handle.net/10183/144039
Arquivos Descrição Formato
000914722.pdf (432.8Kb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.