Repositório Digital

A- A A+

Testing the applicability of a model of oral health-related quality of life

.

Testing the applicability of a model of oral health-related quality of life

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título Testing the applicability of a model of oral health-related quality of life
Outro título Teste da aplicabilidade de um modelo de qualidade de vida relacionada à saúde bucal
Outro título Prueba de la aplicación de un modelo de calidad de vida relacionada con la salud oral
Autor Santos, Camila Mello dos
Celeste, Roger Keller
Hilgert, Juliana Balbinot
Hugo, Fernando Neves
Abstract The aim of this study was to test Wilson & Cleary’s conceptual model of the direct and mediated pathways between clinical and non-clinical variables in relation to oral health-related quality of life. A random sample of 578 older people was evaluated. Wilson & Cleary’s conceptual model was tested using structural equations modeling including: biological variables, symptom status, functional health, oral health perceptions, oral health-related quality of life. Oral health-related quality of life was assessed with the Oral Health Impact Profile-14 (OHIP-14). In the final model, edentulism was negatively correlated to dissatisfaction of appearance of their dental prostheses (r = -0.25). Worse functional status was correlated with poor oral health perception (r = 0.24). Being aged over 68 (r = 0.25), being a female (r = 0.39) and living in rural areas (r = 0.15) had a direct effect on the edentulism. Age had a direct effect on OHIP-14 (r = -0.15). There was an indirect effect of sex on OHIP-14 via functional status (r = 0.12). The present findings partially support Wilson & Cleary’s model framework.
Resumo O objetivo foi testar as vias diretas e mediadas do modelo de Wilson & Cleary entre as variáveis clínicas e não clínicas em relação à qualidade de vida relacionada à saúde bucal. Uma amostra aleatória de 578 idosos foi avaliada. O modelo de Wilson & Cleary foi testado usando-se a modelagem de equações estruturais, incluindo: variáveis biológicas, sintomas, estado funcional, percepção da saúde bucal, qualidade de vida relacionada à saúde bucal. Qualidade de vida relacionada à saúde bucal foi avaliada com o Oral Health Impact Profile-14 (OHIP-14). No modelo final, o edentulismo foi negativamente correlacionado com a insatisfação da aparência das próteses dentárias (r = -0,25). O pior estado funcional foi correlacionado com a pior percepção de saúde bucal (r = 0,24). Ter 68 ou mais anos de idade (r = 0,25), ser do sexo feminino (r = 0,39) e viver em áreas rurais (r = 0,15) são fatores para um efeito direto sobre o edentulismo. A idade apresentou um efeito direto no OHIP-14 (r = -0,15). O sexo apresentou um efeito indireto no OHIP-14 via estado funcional (r = 0,12). Os resultados do estudo corroboram parcialmente com o modelo.
Contido em Cadernos de saúde pública. Rio de Janeiro. Vol. 31, no. 9 (Sept. 2015), p. 1871-1880
Assunto Idoso
Odontologia geriatrica
Qualidade de vida
Saúde bucal
[en] Aged
[en] Oral health
[en] Quality of life
Origem Nacional
Tipo Artigo de periódico
URI http://hdl.handle.net/10183/144302
Arquivos Descrição Formato
000984607.pdf (257.1Kb) Texto completo (inglês) Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.