Repositório Digital

A- A A+

Análise da produção científica sobre imunodeficiências e nutrição, nos Congressos Brasileiros de Nutrição Trabalho

.

Análise da produção científica sobre imunodeficiências e nutrição, nos Congressos Brasileiros de Nutrição Trabalho

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título Análise da produção científica sobre imunodeficiências e nutrição, nos Congressos Brasileiros de Nutrição Trabalho
Autor Parodia, Sandra Maria Machado
Orientador Rosa, Roger dos Santos
Data 2016
Nível Graduação
Instituição Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Faculdade de Medicina. Curso de Nutrição.
Assunto Imunidade
Revisão bibliográfica
[en] Immunodeficiency
[en] Literature review
[en] Nutrition
Resumo Objetivo: Analisar a produção científica sobre imunodeficiências e nutrição, apresentada nos Congressos Brasileiros de Nutrição no período de 2010 a 2014. Método: Trata-se de pesquisa de revisão bibliográfica, do tipo descritivo. A coleta dos dados foi realizada por uma pesquisadora. Os Anais foram publicados pela Revista da Associação Brasileira de Nutrição (RASBRAN) e disponibilizados no sítio da mesma. Foram encontrados 3.488 trabalhos. Após a aplicação dos descritores foram selecionados 254 (7,2%), os quais após submetidos a critérios de avaliação resultaram em 229 (6,5%) incluídos na amostra. O banco de dados foi formado segundo critérios mínimos que um resumo deveria fornecer: Título do resumo, autores, instituição, região, ano de realização da pesquisa e de publicação (considerado como ano do congresso), desenho do estudo, procedimentos metodológicos, consistência estatística, número da amostra, faixa etária e tipo de grupo. Para estes critérios, havia a possibilidade de classificação como “não informado” e “não se aplica”. Resultados: O padrão de qualidade dos resumos foi estipulado, segundo o atendimento aos critérios mínimos tendo sido classificados como: satisfatórios (80,33%), parcialmente satisfatórios (13,52%) e insatisfatórios (6,15%). O delineamento de estudo mais frequente foi o do tipo transversal (79,48%). A região dos autores predominante foi a Nordeste (37,55%), seguida da Sudeste (27,51%) e Sul (21,40%). A área clínica teve a maior participação (78,60%). As metodologias mais abordadas foram avaliação nutricional (60,70%) e antropometria (54,15%), seguidas de questionários de triagem do risco nutricional (27,51%) e dados laboratoriais (20,09%). O tamanho da amostra presente nos 229 resumos variou de um (estudo de caso) a 57.797 sujeitos (pesquisas em larga escala), sendo que metade dos estudos se concentrou em investigar até 50 participantes (52,40%). Os demais, de 51 a 100 participantes (23,14%) e acima de 100 (21,83%). A amostra total foi formada por 82.487 participantes (8.571em 2010; 65.575 em 2012 e 8.341 em 2014). O perfil característico da população é de adulto (59,83%), infanto-juvenil (17,03%) e idosa (10,92%). Todos os participantes estiveram vinculados a alguma instituição prioritariamente na área da saúde. Conclusões: As imunodeficiências e a nutrição se mostrou um tema que pode ser tratado nas três grandes áreas da nutrição: Clínica (no nível ambulatorial ou no de internação), Saúde Coletiva (atenção básica, média complexidade e políticas de saúde nutricional) e nas Unidades de Alimentação e Nutrição (destinadas a pessoas enfermas como hospitais e clínicas, ou em instituições de longa permanência). O tema não se restringe a uma única abordagem apenas. É necessário que haja aprofundamento na qualidade dos resumos apresentados em congressos científicos no âmbito nacional.
Abstract Objective: To analyze the scientific production on immunodeficiency and nutrition, presented in the Brazilian Congresses of Nutrition from 2010 to 2014. Method: literature review, survey of descriptive type. The data collection was carried out by one single researcher. The proceedings were published by the Journal of the Brazilian Association of Nutrition (RASBRAN) and made available on the site. 3,488 abstracts were initially found. After application of descriptors, 254 (7.2%) were selected, which after undergoing evaluation criteria resulted in 229 (6.5%) included in the sample. The database was formed according to minimum criteria that a summary should provide: Title, authors, institution, region, year of publication and research achievement (regarded as the year of Congress), study design, methodological procedures, statistical consistency, sample number, age and type of group. For these criteria, it was possible to classify as "uninformed" and "does not apply". Results: The quality of the summaries was stipulated, according to the attendance to the minimum criteria having been classified as: satisfactory (80.33%), partially satisfactory (13.52%) and poor (6.15%). The most common study design was cross-type (79.48%). The authors were predominantly from the Northeast (37.55%), followed by Southeast (27.51%) and South (21.40%). The clinical area had the highest participation (78.60%). Methodologies more addressed were nutritional evaluation (60.70%) and anthropometry (54.15%), followed by nutritional risk screening questionnaires (27.51%) and laboratory data (20.09%). The sample size in 229 summaries ranged from 1 (case study) up to 57,797 subjects (research on a large scale), and half of the studies focused on investigating up to 50 participants (52.40%). Other groups were 51 to 100 participants (23.14%) and above 100 (21.83%). The total sample was formed by 82,487 participants (8,571 in 2010; 65,575 in 2012 and 8,341 in 2014). The characteristic profile was of an adult population (59.83%), children and youth (17.03%) or elderly (10.92%). Most of the participants were linked to an institution whose priority was in healthcare area. Conclusions: The immunodeficiency and nutrition proved to be a theme that can be handled in three major areas as Clinical Nutrition (in outpatient or inpatient level), Public Health (basic, medium complexity and nutritional health policies) and the food and nutrition units (designed to sick people as hospitals and clinics, or in long-stay institutions). The theme is not restricted to a single approach only. There´s a need to further development in the quality of abstracts presented at scientific congresses at the national level.
Tipo Trabalho de conclusão de graduação
URI http://hdl.handle.net/10183/144324
Arquivos Descrição Formato
000998868.pdf (585.5Kb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.