Repositório Digital

A- A A+

Inclusão e universidade : análise de trajetórias acadêmicas na Universidade Estadual do Rio Grande do Sul

.

Inclusão e universidade : análise de trajetórias acadêmicas na Universidade Estadual do Rio Grande do Sul

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título Inclusão e universidade : análise de trajetórias acadêmicas na Universidade Estadual do Rio Grande do Sul
Autor Pereira, Marilú Mourão
Orientador Baptista, Cláudio Roberto
Data 2007
Nível Mestrado
Instituição Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Faculdade de Educação. Programa de Pós-Graduação em Educação.
Assunto Ensino superior
Inclusão escolar
Rio Grande do Sul
Universidade Estadual do Rio Grande do Sul.
[en] Affirmative action policies
[en] Higher education
[en] Inclusion
[en] Special education
Resumo Essa pesquisa aborda a inclusão, no Ensino Superior, a partir de um estudo relacionado a alunos com deficiência, que ingressaram pelo sistema de cotas, na Universidade Estadual do Rio Grande do Sul, no período de 2002 a 2005. O objetivo deste estudo é compreender o processo de implantação de cotas provenientes das ações afirmativas, no Ensino Superior, como possível contribuição para a inclusão do aluno com deficiência na Universidade. A abordagem metodológica foi do tipo qualitativo e os instrumentos utilizados, para coleta de dados, foram entrevistas semi-estruturadas individuais, compostas por questões abertas. Além dos alunos com deficiência, este estudo teve como sujeitos alguns gestores que estiveram envolvidos com a temática na Universidade. O estudo desenvolveu-se a partir da identificação e caracterização dos alunos que ingressaram na universidade pelo sistema de cotas, seguidas pela investigação e análise das trajetórias dos alunos com deficiências, durante o acesso e no decorrer do curso. Foram entrevistados 16 alunos com deficiência física, auditiva e visual, e dez gestores da Universidade. A partir dos depoimentos colhidos, na etapa qualitativa desse estudo, foram construídos eixos que orientaram a análise, tais como: a motivação para a escolha da universidade; as cotas; o apoio no vestibular; as experiências acadêmicas - incluindo aqui o relacionamento com professores e colegas -; vantagens e desvantagens; o acesso a materiais; acompanhamento; avaliação; o acesso à universidade, por meio de transporte; acessibilidade física; suporte e apoio; bem como a participação desse aluno em atividades curriculares e extracurriculares. A implantação do sistema de cotas, para alunos com deficiência, nessa Universidade se constitui em uma ação política de acesso e democratização do Ensino Superior e está em consonância com os princípios Constitucionais, na garantia dos direitos das Pessoas com Deficiências. Isso, no entanto, não tem sido o suficiente, para assegurar a permanência desses alunos na Universidade. Os resultados evidenciam a ocorrência de dificuldades que se concentram no processo de ensinoaprendizagem e a necessidade ações específicas, voltadas para essa parcela da população acadêmica.
Abstract This research discusses inclusion in higher education focusing on the admission of disabled students under a quota system to the State University of Rio Grande do Sul (UERGS) from 2002 to 2005. It is aimed at assessing the extent to which the implementation of a quota system in higher education as argued for by affirmative action movements is a possible contribution to social inclusion of disabled students in the university. Data for this qualitative investigation were collected through semistructured individual interviews with open questions. Research subjects included disabled students and some administrators who had been discussing the theme of quotas within UERGS. Investigation involved identification and characterization of students who had been admitted under the quota system and analysis of the academic history of disabled students, at admittance and during the course. Sixteen physically (hearing and visually) disabled students and 10 university administrators were interviewed. Based on the reports collected, topics for analysis were organized, such as: reasons for having chosen this university; quotas; support in entrance examinations; academic experiences – including the relationship with teachers and classmates; advantages and disadvantages; access to materials; follow-up provided; assessment; access to transportation services; physical accessibility; support provided; student attendance at curricular and extracurricular activities. The quota system implemented for disabled students at UERGS is part of its policy of providing democratic access to higher education based on constitutional principles in order to guarantee the rights for disabled people. It, however, has not been enough to maintain these students’ interest in university. Results reveal that difficulties are mainly on the teaching-learning process and that specific actions to assist this part of the academic population are needed.
Tipo Dissertação
URI http://hdl.handle.net/10183/14671
Arquivos Descrição Formato
000658671.pdf (1.103Mb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.