Repositório Digital

A- A A+

Dois pra lá, dois pra cá : o Parthenon Litterario e as trocas entre literatura e política na Porto Alegre do século XIX

.

Dois pra lá, dois pra cá : o Parthenon Litterario e as trocas entre literatura e política na Porto Alegre do século XIX

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título Dois pra lá, dois pra cá : o Parthenon Litterario e as trocas entre literatura e política na Porto Alegre do século XIX
Autor Silveira, Cássia Daiane Macedo da
Orientador Schmidt, Benito Bisso
Data 2008
Nível Mestrado
Instituição Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Instituto de Filosofia e Ciências Humanas. Programa de Pós-Graduação em História.
Assunto História do Rio Grande do Sul
História e literatura
Literatura e política
Memória
Porto Alegre (RS)
Sociedade Parthenon Litterário. (1868-1885)
Resumo Esta dissertação pretende analisar as variadas conexões possíveis entre literatura e política no século XIX, através do estudo de uma associação literária sediada na cidade de Porto Alegre, entre 1868 e 1885: a Sociedade Parthenon Litterario. A análise se centrou nos agentes sociais produtores de literatura, nas suas redes de relações e nas lógicas pelas quais articulavam tais redes. O objetivo foi compreender de que forma os vínculos constituídos em outras esferas não diretamente literárias eram acionados visando obter vantagens para a referida associação e seus membros; e como os vínculos mais especificamente literários, por sua vez, eram mobilizados a fim de conseguir benefícios (pessoais ou para um grupo) para outras esferas. Para dar conta deste objetivo, o trabalho foi dividido em quatro capítulos. O primeiro analisou os membros do Parthenon Litterario, com particular atenção a seus fundadores. Algumas trajetórias foram estudadas de maneira mais detida, com atenção para o “campo de possibilidades” que lhes estava aberto. No segundo capítulo, foram analisados alguns dos textos que circulavam na Revista da associação, através dos quais seus sócios procuravam firmar-se como pessoas autorizadas a julgar a literatura. O terceiro capítulo, por sua vez, tratou da lógica de relações mantidas pela Sociedade Parthenon Litterario, tanto internamente (entre os membros), quanto externamente (entre os membros e outras instâncias da sociedade). Por fim, no quarto capítulo, procurei compreender de que forma os próprios letrados abriam ou fechavam possibilidades de participação, por parte de outros literatos, na esfera de produção literária. Conseguiu-se perceber, assim, que a literatura constituía significativa moeda de troca nas relações sociais do Brasil oitocentista. O espaço de produção literária tinha importância também para outras instâncias sociais do período, como associações e partidos políticos, constituindo uma rede de relações que tornava impossível a existência autônoma da esfera de produção literária.
Abstract The present dissertation aims to analyze the diverse possible connections between Literature and Politics in the 19th Century by studying a literary association established in the city of Porto Alegre between 1868 and 1885: The Parthenon Litterario Society. The analysis focused on the Literature-producers social agents, on their relation networks and on the logics by which they articulated such networks. The objective was to understand how the connections constituted in other circles that were not directly literary were activated aiming to obtain advantages for the referred association and for its members; and how the more specifically literary connections, by their turn, were mobilized in order to obtain benefits (which could be individual or addressed to a group) for other circles. In order to have the objective carried out, the work has been divided into four chapters. The first one analyzed the members of the Parthenon Litterario, giving special attention to its founders. Some trajectories were studied more carefully, paying attention to the “field of possibilities” which was open to them. In the second chapter the texts that circulated in the association’s Magazine, and through which the associate sought to establish themselves as people authorized to judge Literature, were analyzed. The third chapter, by its turn, dealt with the Logics of the relations maintained by the Parthenon Litterario Society, both internally (between the members) and externally (between the members and other segments of society). Finally, in the fourth chapter, I intended to understand how the literati themselves opened or closed participation possibilities for other literati, in the circle of literary production. Thus, it was possible to realize Literature constituted significant exchange currency in the eighteenth century Brazil’s social relations. The literary production space was relevant for other social segments of that time too, such as associations and political parties, constituting a relation network that made the autonomous existence of the literary circle impossible.
Tipo Dissertação
URI http://hdl.handle.net/10183/14689
Arquivos Descrição Formato
000666859.pdf (731.6Kb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.