Repositório Digital

A- A A+

Efeito da atividade física de lazer no prognóstico da cirurgia de revascularização do miocárdio

.

Efeito da atividade física de lazer no prognóstico da cirurgia de revascularização do miocárdio

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título Efeito da atividade física de lazer no prognóstico da cirurgia de revascularização do miocárdio
Outro título Effect of physical activity in leisure on the prognosis of coronary artery bypass graft surgery
Autor Nery, Rosane Maria
Barbisan, Juarez Neuhaus
Mahmud, Mahmud Ahmad Ismail
Resumo Objetivo: Determinar o efeito da prática de atividade física no tempo livre (AFiTL) no resultado imediato da cirurgia revascularização do miocárdio (CRM). Métodos: Estudo de coorte prospectivo que analisou 202 pacientes submetidos à CRM. Os pacientes foram divididos em dois grupos, ativos e sedentários, e a variável independente AFiTL praticada pelos pacientes, em relação ao ano anterior da cirurgia, foi avaliada. No pós-operatório imediato, foi verificada a ocorrência dos eventos cardíacos maiores (ECM), sendo eles morte, infarto agudo do miocárdio, reoperação e tempo de internação hospitalar. Resultados: A média de idade dos pacientes foi 62 ± 10 anos, e 134 (66%) eram homens. Sessenta e seis (33%) pacientes praticavam AfiTL antes da CRM e foram classificados como ativos, e 136 (67%) eram sedentários. O grupo de pacientes ativos apresentou 78% menos probabilidade de cursar com ECM (odds ratio [OR] = 0,22; intervalo de confiança [IC] 95% = 0,09- 0,51), P< 0,001 e apresentou uma redução de 33% no tempo de internação hospitalar, em comparação aos pacientes sedentários (hazard ratio [HR] = 0,67; IC 95%: 0,49 - 0,93), P = 0,018. Conclusão: A prática de AFiTL é um importante preditor de eventos cardíacos maiores durante a internação hospitalar.
Abstract Objective: The objective of this study was to evaluate the effect of leisure-time physical activity (LTPA) in the early outcome of coronary artery bypass graft surgery (CABG). Methods: This prospective cohort study analyzed 202 patients submitted to CABG. The patients were assigned to two groups, active or sedentary, according to the practice of LTPA in the preoperative period. The independent variable LTPA practiced by the patients in the previous year of the surgery was evaluated. The occurrence of the major adverse cardiac events as death, acute myocardial infarction, reoperation and the hospital stay after surgery were planned to be evaluated. Results: The mean age of patients was 62 ± 10 years, and 134 (66%) were men. Sixty-six (33%) patients practiced LTPA and were classified as active, and 136 (67%) were sedentary. The active group showed 78% less probability (OR= 0.22; CI 95%: 0.09-0.51) to suffer a MACE P<0.001 and a reduction of 33% in length of hospital stay as compared for sedentary patients (HR= 0.67; IC 95%: 0.49 - 0.93). P= 0.018. Conclusion: LTPA is an important predictor of major adverse cardiac events and hospital stay.
Contido em Revista brasileira de cirurgia cardiovascular. São José do Rio Preto, SP. Vol. 25, n. 1 (Jan./Mar. 2010), p. 73-78
Assunto Atividade motora
Revascularização miocárdica
[en] Cardiovascular surgical procedures
[en] Exercise
[en] Myocardial revascularization
Origem Nacional
Tipo Artigo de periódico
URI http://hdl.handle.net/10183/147018
Arquivos Descrição Formato
000985914.pdf (55.25Kb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.