Repositório Digital

A- A A+

Mãe, cadê o bebê? repercussões do nascimento prematuro de um irmão

.

Mãe, cadê o bebê? repercussões do nascimento prematuro de um irmão

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título Mãe, cadê o bebê? repercussões do nascimento prematuro de um irmão
Outro título Mom, where is the baby? repercussions of the premature birth of a sibling
Autor Mousquer, Paula Nunes
Leão, Lívia Caetano da Silva
Kepler, Diogo Felipe
Piccinini, Cesar Augusto
Lopes, Rita de Cassia Sobreira
Resumo O objetivo deste artigo foi investigar as repercussões do nascimento prematuro do bebê sobre o(s) seu(s) irmão(s), sob a perspectiva materna, durante a internação do recém-nascido na Unidade de Terapia Intensiva Neonatal. O estudo contou com a participação de 37 mães, entrevistadas no 15º dia após o parto. Elas responderam a instrumentos que contemplaram dados demográficos familiares, informações clínicas do bebê e da mãe, e a experiência da maternidade no contexto da prematuridade. A entrevista sobre maternidade continha questões acerca do irmão do bebê, cujas respostas foram examinadas a partir de análise de conteúdo qualitativa. Os resultados revelaram alteração na rotina dos irmãos em razão da maior ausência materna. Os sentimentos e reações dos irmãos incluíram questionamentos, preocupações, ciúme e ansiedade, ao lado de contentamento e curiosidade. A visita do irmão ao bebê prematuro não foi permitida por alguns hospitais. Evidencia-se a importância de os irmãos serem atendidos em suas necessidades de cuidado nesse período de hospitalização do bebê.
Abstract The aim of the present paper was to investigate the repercussions for a sibling of a premature birth, from the mother’s perspective, during the baby’s hospitalization in a Neonatal Intensive Care Unit. Thirty-seven mothers were interviewed on the 15th day after delivery. They answered questionnaires on family demographic data, clinical information on the baby and the mother, as well as an interview about the experience of motherhood in the context of prematurity. This interview included questions regarding the baby’s sibling. The answers were examined based on qualitative content analysis. The results revealed alterations in the sibling´s routine as a consequence of the mother’s absence. The siblings’ reactions and feelings included doubts, worries, jealousy, anxiety, but also satisfaction and curiosity. Visits to the premature baby were not allowed in some hospitals. There was evidence of the importance of caring for and attending to the needs of siblings during this period of the baby’s hospitalization.
Contido em Estudos de psicologia (Campinas). Vol. 31, n. 4 (out./dez. 2014), p. 527-537.
Assunto Irmãos
Relações familiares
[en] Neonatal intensive care unit
[en] Premature birth
[en] Siblings
Origem Nacional
Tipo Artigo de periódico
URI http://hdl.handle.net/10183/147024
Arquivos Descrição Formato
000987732.pdf (208.6Kb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.