Repositório Digital

A- A A+

Consumos e os modos de vida : problematizações sobre a estilística da existência e os modos de consumir

.

Consumos e os modos de vida : problematizações sobre a estilística da existência e os modos de consumir

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título Consumos e os modos de vida : problematizações sobre a estilística da existência e os modos de consumir
Autor Dias, Daniela Duarte
Orientador Guareschi, Pedrinho A.
Co-orientador Hennigen, Ines
Data 2015
Nível Doutorado
Instituição Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Instituto de Psicologia. Programa de Pós-Graduação em Psicologia Social e Institucional.
Assunto Cartografia
Consumo
Modo de vida
Psicologia social
[en] Consumption
[en] Modes consuming
[en] Ways of life
Resumo O consumo é uma atividade humana presente em todas as civilizações (BAUMAN, 2008). Entretanto, os modos de consumir têm sofrido profundas mudanças ao longo da história, principalmente após a Revolução Industrial (LIPOVETSKY, 2007). Este estudo tem por objetivo visibilizar formas distintas de relacionar-se com o consumo, a partir do processo de pesquisa cartográfico. Para tanto, quatro grupos com estilos de vida e trabalho alternativos a modos de vida massificados foram acompanhados em suas atividades cotidianas. Após o acompanhamento de um mês, participaram de três encontros para discutir a pergunta da pesquisa, sendo que, o último encontro contou com a participação de todos. Cada grupo apresentou singularidades em relação aos modos de consumir, possibilitando problematizações sobre os modos de relacionar-se com o consumo, sobre o que seria uma ação de resistência, sobre formas solidárias de relação, bem como a individualização da “culpa” em relação aos problemas ambientais. Ao analisar o percurso de pesquisa como um conjunto de experiências, foi possível perceber que os grupos compartilhavam preocupações quanto ao modo de vida, que se manifestaram a partir da busca por relações horizontais, com maior autonomia, e busca por relações de maior proximidade entre quem presta um serviço e quem compra este serviço. Desta forma, os modos de consumirevidenciaram expressões sobre escolhas em relação aos modos de vida.
Abstract Consumption is a human activity present in all civilizations (BAUMAN, 2008). However, the ways of consuming have undergone deep profound changes throughout history, especially after the Industrial Revolution (LIPOVETSKY, 2007). This study aims to make evident visualize different ways of relating to consumption, from a cartographic research process. To do so, four groups with lifestyles and labor practices alternative to mass market practices were investigated for two to three months in their daily activities. After this observation, they participate in three meetings to discuss the research question; the last meeting was held with the participation of all groups. Each group presented singularities in relation to consuming practices, allowing problematizations on different ways to relate to consumption; on what would be a resistance action; on solidary forms of relation; and in relation to the individualization of "guilt" regarding environmental problems. In the analysis of the strategy developed by the research consisting as different experiences, it was possible to observe that the groups share concerns about their lifestyles that are manifested in the choice of horizontal relations with greater autonomy, and in the choice for closer relations between the one who pays a service and those who purchase this services. Thus, the modes consuming make evident the effects of choices regarding ways of life.
Tipo Tese
URI http://hdl.handle.net/10183/147090
Arquivos Descrição Formato
000998089.pdf (957.4Kb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.