Repositório Digital

A- A A+

Fasting ghrelin but not PYY(3-36) is associated with insulin-resistance independently of body weight in Wistar rats

.

Fasting ghrelin but not PYY(3-36) is associated with insulin-resistance independently of body weight in Wistar rats

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título Fasting ghrelin but not PYY(3-36) is associated with insulin-resistance independently of body weight in Wistar rats
Outro título A grelina, mas não PYY(3-36), está associada com a resistência à insulina independente do peso corporal em ratos Wistar
Autor Antunes, Luciana da Conceição
Jornada, Manoela Neves da
Elkfury, Jéssica Lorenzzi
Foletto, Kelly Carraro
Bertoluci, Marcello Casaccia
Abstract Objective: The objective of this study was to evaluate the association between insulin-resistance and fasting levels of ghrelin and PYY in Wistar rats. Materials and methods: A total of 25 male Wistar rats, weighing 200-300 g, was included in this study. The animals were maintained in cages with a 12/12h light-dark cycle and fed standard chow and water ad libitum. After 12-h overnight fasting, ghrelin, PYY, insulin and glucose values were determined. Insulin resistance was assessed by means of the HOMA-IR, which was ranked and the median was used as a cut-off value to categorize insulin-resistance. HOMA-IR values equal and above 2.62 were considered insulin- -resistant (IR) while values below 2.62 were considered insulin sensitive (IS). Differences between means were determined using the Student t-test. Multiple regression and Pearson’s correlation test were used to evaluate the association between variables. Results: HOMA-IR median IQ range values for IS and IR groups were, respectively, 1.56 (0.89 – 2.16) vs. [4.06 (3.50 – 4.61); p < 0.001]. The IR group presented increased levels of fasting ghrelin, PYY and insulin respectively: [50.35 (25.99 – 74.71) pg/mL vs. 12.33 (8.77 – 15.89) pg/mL; p = 0.001]; [54.38 (37.50 – 71.26) pg/mL vs. 33.17 (22.34 – 43.99) pg/mL; p = 0.016]; [18.04 (14.48 – 21.60) uU/mL vs. 7.09 (4.83 – 9.35) uU/mL; p = 0.001]. Ghrelin, but not PYY, correlated linearly and positively with HOMA-IR: ghrelin vs. HOMA-IR (r = 0.52; p = 0.008), and PYY vs. HOMA-IR (r = 0.22; p = 0.200). This correlation was independent of body weight. Conclusion: Fasting ghrelin and PYY serum levels are increased in lean, relatively insulin resistant Wistar rats, and this increase is independent of weight.
Resumo Objetivo: O objetivo deste estudo foi avaliar a associação entre a resistência à insulina e os níveis de grelina e PYY em jejum em ratos Wistar. Materiais e métodos: Um total de 25 ratos Wistar machos, pesando 200-300 g, foi usado neste estudo. Os animais foram mantidos em gaiolas com um ciclo de luz escuro de 12/12h e alimentados com ração padrão e água ad libitum. Depois de um jejum de 12h, os valores de grelina, PYY, insulina e glicose foram determinados. A resistência à insulina foi avaliada pelo HOMA-IR que foi ordenado e a mediana utilizada como valor de corte para categorizar a resistência à insulina. Os valores de HOMA-IR iguais ou acima de 2,62 foram considerados resistentes à insulina (RI), enquanto valores abaixo de 2,62 foram considerados sensíveis (SI). As diferenças entre as médias foram determinadas usando-se o teste t de Student. A análise de regressões múltiplas e o teste de correlação de Pearson foram usados para se avaliar a associação entre as variáveis. Resultados: A mediana e a variação IQ do HOMA-IR para os grupos RI e SI foram, respectivamente, 1,56 (0,89 – 2,16) contra [4,06 (3,50 – 4,61); p < 0,001]. O grupo RI apresentou níveis aumentados de grelina, PYY e insulina em jejum, respectivamente, [50,35 (25,99 – 74,71) pg/mL contra 12,33 (8,77 – 15,89) pg/mL; p = 0,001]; [54,38 (37,50 – 71,26) pg/mL contra 33,17 (22,34 – 43,99) pg/mL; p = 0,016]; [18,04 (14,48 – 21,60) uU/mL contra 7,09 (4,83 – 9,35) uU/mL; p = 0.001]. A grelina, mas não PYY, se correlacionou de forma linear e positiva com o HOMA-IR: a grelina contra HOMA-IR (r = 0,52; p = 0,008), e PYY contra HOMA-IR (r = 0,22; p = 0,200). Essa correlação foi independente do peso corporal. Conclusão: Os níveis séricos de jejum de grelina e PYY estão aumentados em ratos Wistar magros relativamente resistentes à insulina, e esse aumento é independente do peso.
Contido em Arquivos brasileiros de endocrinologia & metabologia = Brazilian archives of endocrinology and metabolism. São Paulo. Vol. 58, n. 4 (2014), p. 377-381
Assunto Grelina
Peptídeo YY
Resistência à insulina
[en] Ghrelin
[en] HOMA-IR
[en] Insulin resistance
[en] PYY
Origem Nacional
Tipo Artigo de periódico
URI http://hdl.handle.net/10183/147102
Arquivos Descrição Formato
000989764.pdf (274.8Kb) Texto completo (inglês) Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.