Repositório Digital

A- A A+

Competências de auxiliares e técnicos de saúde bucal e o vínculo com o Sistema Único de Saúde

.

Competências de auxiliares e técnicos de saúde bucal e o vínculo com o Sistema Único de Saúde

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título Competências de auxiliares e técnicos de saúde bucal e o vínculo com o Sistema Único de Saúde
Outro título Competencies of aides and technicians in oral health and the tieswith the national health system
Outro título Competencias de auxiliares y técnicos de salud bucal y el vínculo con el sistema único de salud
Autor Warmling, Cristine Maria
Rosa, Evelise Klein da
Pezzato, Luciane Maria
Toassi, Ramona Fernanda Ceriotti
Resumo O estudo teve por objetivo descrever o perfil sociodemográfico, de trabalho e formação de auxiliares e técnicos em saúde bucal com atuação no estado do Rio Grande do Sul. Foram analisadas as informações relatadas por 255 auxiliares e técnicos de saúde bucal que participaram do Congresso Rio-Grandense de Odontologia realizado em 2010 e 2012. A pesquisa utilizou-se de um questionário escrito, estruturado e autoaplicável, organizado em três blocos temáticos com as seguintes categorias: identificação (sexo, idade, estado civil, estado/cidade, renda, habilitação, vínculo e inscrição conselho/sindicato), formação (estabelecimento, duração, incentivo/dificuldades de atualização/ formação) e processo de trabalho (competências e atribuições profissionais). Os resultados encontrados demonstraram que diferenças no processo de trabalho entre os auxiliares e técnicos de saúde bucal determinadas pelo vínculo de trabalho com o Sistema Único de Saúde estavamconcentradas nas atribuições das competências de promoção e prevenção de saúde.Tambémse verificou que as atribuições das competências de organização do ambiente de trabalho e de atendimento clínico de saúde bucal conferem maior identidade ao trabalho desses profissionais, independentemente do vínculo. O estudo alerta para a sobreposição das competências e atribuições realizadas pelos auxiliares e técnicos de saúde bucal.
Abstract The study aimed to describe the sociodemographic, labor, and training profile of aides and technicians in oral health working in the state of Rio Grande do Sul, Brazil. Information reported by 255 oral health aides and technicians who attended the Rio Grande do Sul Dental Congress in 2010 and 2012 was analyzed. The survey used a written, structured, and self-administered questionnaire, organized into three thematic blocks under these categories: identification (gender, age, marital status, state/city, income, license, ties and board/labor union registration), training (establishment, duration, incentive/difficulties in keeping updated/training) and work process (professional competencies and attributions). The results showed that work process differences between oral health aides and technicians, as determined by their working ties with the National Health System, were mostly in the health promotion and prevention competency attributions. It was also found that the attributions of the working environment organization and clinical care competencies in oral health provide greater identity to the work of these professionals, regardless of their ties. The study points to the overlapping of skills and duties performed by oral health aides and technicians.
Resumen El estudio tuvo por objetivo describir el perfil sociodemográfico, de trabajo y de formación de auxiliares y técnicos en salud bucal con actuación en el estado de Río Grande do Sul, Brasil. Se analizó la información relatada por 255 auxiliares y técnicos de salud bucal, que participaron en el Congreso Riograndense de Odontología, realizado en 2010 y 2012. La investigación fue realizada por medio de un cuestionario escrito, estructurado y autoaplicable, organizado en tres bloques temáticos con las siguientes categorías: identificación (sexo, edad, estado civil, estado/ ciudad, ingresos, habilitación, vínculo e inscripción consejo/sindicato), formación (establecimiento, duración, incentivos/dificultades de actualización/formación) y proceso de trabajo (competencias y atribuciones profesionales). Los resultados demostraron que diferencias en el proceso de trabajo entre auxiliares y técnicos de salud bucal, determinadas por el vínculo laboral con el Sistema Único de Salud, estaban concentradas en las atribuciones de competencias de promoción y prevención de la salud. Además, se constató que las atribuciones de competencias de organización del ambiente de trabajo y de atención clínica de salud bucal proporcionan mayor identidad al trabajo de estos profesionales, independiente del vínculo. El estudio alerta sobre la superposición de competencias y atribuciones realizadas por auxiliares y técnicos de salud bucal.
Contido em Trabalho, educação e saúde. Rio de Janeiro. Vol. 14, n. 2 (maio/ago. 2016), p. 575-592
Assunto Competência clínica
Equipe de assistência ao paciente
Odontologia
Saúde bucal
Sistema Único de Saúde
[en] Family health
[en] Human resources
[en] Oral health
[en] Professional competency
[es] Competencia profesional
[es] Recursos humanos
[es] Salud bucal
[es] Salud de la familia
Origem Nacional
Tipo Artigo de periódico
URI http://hdl.handle.net/10183/147272
Arquivos Descrição Formato
000992892.pdf (231.7Kb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.