Repositório Digital

A- A A+

Patrimônio cultural e sociabilidade: um estudo a partir das vozes não ouvidas da Restinga, Porto Alegre-RS

.

Patrimônio cultural e sociabilidade: um estudo a partir das vozes não ouvidas da Restinga, Porto Alegre-RS

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título Patrimônio cultural e sociabilidade: um estudo a partir das vozes não ouvidas da Restinga, Porto Alegre-RS
Autor Orio, Regina Luísa Rodrigues
Orientador Sousa, Rodrigo Silva Caxias de
Data 2016
Nível Graduação
Instituição Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Faculdade de Biblioteconomia e Comunicação. Curso de Biblioteconomia.
Assunto Patrimônio cultural
Restinga (Porto Alegre, RS)
Sociabilidade
[es] Patrimonio cultural
[es] Sociabilidad
Resumo O presente estudo tem como temática o patrimônio cultural e a sociabilidade no bairro Restinga, a partir dos moradores. O objetivo geral é investigar como a comunidade da Restinga reconhece e utiliza seu patrimônio cultural. Discute os principais conceitos e apresenta um histórico do bairro. Para a realização do estudo foi utilizada uma metodologia qualitativa e como instrumento de pesquisa a entrevista semiestruturada. Apresenta os lugares reconhecidos pelos moradores como patrimônio e as categorias identificadas na análise, que são: patrimônio cultural e sociabilidade. Conclui questionando sobre a utilização dos conceitos de patrimônio cultural na biblioteconomia, comentando também sobre a experiência de pesquisar e as mudanças geradas na autora a partir das entrevistas.
Resumen Este estudio tiene como tema principal el patrimonio cultural y la sociabilidad del barrio Restinga y sus residentes. El objetivo general es investigar como la comunidad de Restinga reconoce y utiliza su patrimonio cultural. Se analizan los principales conceptos, se presenta una historia del barrio. Para el mismo se utilizo metodología cualitativa y entrevista semiestructurada como herramienta de investigación. Muestra lugares reconocidos por los lugareños, como la equidad y las categorías identificadas en el análisis, que son: el patrimonio cultural y la sociabilidad. Concluye sugiriendo el uso de los conceptos de equidad en bibliotecología, también comenta sobre la experiencia de la investigación y los cambios que han generado el autor de las entrevistas.
Tipo Trabalho de conclusão de graduação
URI http://hdl.handle.net/10183/147280
Arquivos Descrição Formato
000999226.pdf (1.568Mb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.