Repositório Digital

A- A A+

PT e PSDB na democracia de público brasileira : estratégias partidárias vitoriosas no novo jogo eleitoral

.

PT e PSDB na democracia de público brasileira : estratégias partidárias vitoriosas no novo jogo eleitoral

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título PT e PSDB na democracia de público brasileira : estratégias partidárias vitoriosas no novo jogo eleitoral
Autor Martins, Joyce Miranda Leão
Orientador Noll, Maria Izabel Saraiva
Data 2016
Nível Doutorado
Instituição Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Instituto de Filosofia e Ciências Humanas. Programa de Pós-Graduação em Ciência Política.
Assunto Discurso
Eleições
Marketing político
Partido da Social Democracia Brasileira
Partido dos Trabalhadores (Brasil)
[en] Discourse
[en] Elections
[en] Political marketing
[en] PSDB
[en] PT
Resumo PT e PSDB polarizam as eleições presidenciais brasileiras há 20 anos, as quais, estando dentro de uma "democracia de público" (tipo ideal descrito por Manin), são também disputas entre imagens públicas de lideranças. Esse novo jogo eleitoral, que ocorre devido a mutações no espaço público, passa por formar a opinião (Champagne, 1998) e é fundamental em democracias nas quais os meios de comunicação servem de mediadores entre o eleitor e a política. Este trabalho tem como objetivo compreender as estratégias do Partido dos Trabalhadores (PT) e do Partido da Social Democracia Brasileira (PSDB), dentro do horário gratuito de propaganda eleitoral (HGPE), espaço midiático de responsabilidade exclusiva dos políticos. A pesquisa se volta para as primeiras eleições presidenciais vitoriosas de ambos os partidos (PSDB em 1994 e PT em 2002), início dos ciclos políticos de FHC e Lula, buscando responder como os líderes políticos (fazendo uso do marketing) construíram suas imagens, dentro da propaganda eleitoral, para a disputa à presidência. As estratégias foram compreendidas como: positivas, negativas, defensivas e de contraste; os discursos, observados a partir dos procedimentos da análise do discurso. O trabalho observou também as pesquisas de opinião pública das épocas citadas, por meio do banco de dados do ESEB e do DataNupps.
Abstract PT and PSDB have polarized the Brazilian presidential elections for 20 years. These elections, inserted in an Audience Democracy (as described by Manin), are also competitions between the public images of the parties’ leaders. This new electoral game, resultant of the mutations in the public space, builds the opinion (Champagne, 1998) and is central in democracies where media works as a mediator between the elector and the politics. This thesis aims to understand the Partido dos Trabalhadores/PT (Workers Party) and the Partido da Social Democracia Brasileira/PSDB (Brazilian Social Democracy Party) strategies in the free political advertising time, a media space in which the responsibility belongs all to the politicians. The research covers the first victorious presidential elections of both parties (PSDB in 1994 and PT in 2002), in other words: the beginning of FHC and Lula political cycles. We try to answer how the political leaders (using marketing strategies) built, inside the political advertising, their images to dispute for presidency. The strategies were comprehended as: positive, negative, defensive and of contrast; the discourses were observed with the discourse analysis procedures. The study also noted the public opinion researches made in the mentioned epoch, focused on the ESEB and DataNupps database.
Tipo Tese
URI http://hdl.handle.net/10183/147323
Arquivos Descrição Formato
000998918.pdf (1.835Mb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.