Repositório Digital

A- A A+

O processo de desenvolvimento econômico a partir de uma perspectiva institucionalista : elementos de uma abordagem heterodoxa

.

O processo de desenvolvimento econômico a partir de uma perspectiva institucionalista : elementos de uma abordagem heterodoxa

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título O processo de desenvolvimento econômico a partir de uma perspectiva institucionalista : elementos de uma abordagem heterodoxa
Autor Campos, Marcelo Mallet Siqueira
Orientador Conceição, Octavio Augusto Camargo
Data 2016
Nível Doutorado
Instituição Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Faculdade de Ciências Econômicas. Programa de Pós-Graduação em Economia.
Assunto Desenvolvimento econômico
História econômica
Teoria econômica
[en] Economic development
[en] Institutions
Resumo O desenvolvimento econômico é um fenômeno complexo e multidimensional, podendo ser melhor compreendido a partir de abordagens que levem em conta o papel das instituições. A presente tese, a partir da inadequação da teoria neoclássica para análise do desenvolvimento econômico por conta de sua incapacidade de incorporar elementos do mundo real decorrente de suas bases teóricas, metodológicas e epistemológicas, busca compor um conjunto de abordagens institucionalistas e heterodoxas que permitam compreensão mais ampla, adequada e realista do processo de desenvolvimento econômico. Para atingir este objetivo, será realizada uma revisão teórica a respeito do desenvolvimento econômico, iniciando com o processo histórico concreto após a Revolução Industrial. As interpretações dos economistas clássicos e, posteriormente, de Schumpeter, inspiradas por este processo, serão mencionadas. A seguir, será feito o resgate da economia do desenvolvimento, apresentando as contribuições dos pioneiros deste ramo, antes da economia neoclássica tornar-se dominante. Conclui-se que a abordagem institucionalista é compreendida como mais adequada para o estudo do desenvolvimento, desde que sejam aprofundadas as complementaridades entre o institucionalismo e outras abordagens heterodoxas que privilegiem as especificidades históricas, necessárias para preencher algumas lacunas e superar algumas limitações. Neste sentido, a convergência de correntes teóricas institucionalistas (Economia Institucionalista Original, Nova Economia Institucional e Economia Política Institucionalista) somadas às abordagens evolucionária e pós-keynesiana, bem como o papel do Estado, da tecnologia e da incerteza, configuram-se como determinantes para a compreensão do desenvolvimento econômico.
Abstract Economic development is a complex and multidimensional phenomenon, which can be better understood from approaches that take into account the role of institutions. The present thesis departs from the inadequacy of neoclassical theory to the analysis of economic development because of its inability to incorporate real-world elements due to their theoretical, methodological and epistemological foundations. It seeks to compose a set of institutionalist and heterodox approaches that would enable a more broad, adequate and realistic comprehension of the economic development process. To achieve this goal, a theoretical review will be held regarding economic development, starting with the concrete historical process after the Industrial Revolution. The interpretations of the classical economists and Schumpeter, were inspired by this process, will be mentioned. Then, development economics will be reviewed featuring the contributions of the pioneers of this field, before neoclassical economics become dominant. The study concludes that the institutionalist approach is more suitable for the study of development, as long as the complementarities between institutionalism and other heterodox approaches that emphasize historical specificities are detailed in order to complete some gaps and overcome some limitations. In this sense, the convergence of institutionalist theoretical perspectives (Original Institutional Economics, New Institutional Economics and Institutionalist Political Economy) in addition to evolutionary and post-Keynesian approaches, and the role of the State, technology and uncertainty constitute as determinants for the understanding of economic development.
Tipo Tese
URI http://hdl.handle.net/10183/147358
Arquivos Descrição Formato
000998897.pdf (2.274Mb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.