Repositório Digital

A- A A+

Transição política no Egito : estudo de caso

.

Transição política no Egito : estudo de caso

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título Transição política no Egito : estudo de caso
Autor Silva, Fernanda Lopes
Orientador Arturi, Carlos Schmidt
Data 2014
Nível Graduação
Instituição Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Faculdade de Ciências Econômicas. Curso de Relações Internacionais.
Assunto Egito
Relações internacionais
[en] Arab world
[en] Democracy
[en] Egypt
[en] Regime change
Resumo Este trabalho analisa o caso da Revolução de 2011 no Egito à luz da Teoria de Transição Democrática, definindo a partir desse substrato teórico três aspectos que criaram as condições para o colapso do governo do Presidente Hosni Mubarak (1981-2011): a crise sucessória, o estrangulamento da a barganha autoritária, e o efeito das manifestações da chamada “Primavera Árabe”. A crise sucessória é apresentada como o principal elemento desagregador da elite do governista, o Partido Nacional Democrático. A escassez dos meios de pagamento do regime, por sua vez, aparece como o fator econômico responsável por alimentar o processo revolucionário. Por fim, tomando emprestada a ideia de Huntington (2012), argumentamos que o efeito bola de neve da onda de protestos iniciada em 2010 a partir da Tunísia constitui-se no catalisador da derrubada do Presidente Mubarak.
Abstract This paper analyzes the case of the Egyptian Revolution of 2011 in the light of the Theory of Democratic Transition, defining three aspects that created the conditions for the collapse of President Hosni Mubarak’s government (1981-2011): the succession crisis, the strangling of the authoritarian bargain, and the demonstration effect from the revolts of the so-called “Arab Spring”. The succession crisis is presented as the main element responsible for the dismantlement of the elite of the ruling party, the National Democratic Party. The scarcity of the payment methods of the regime appears as the economic factor responsible for fueling the revolutionary process. Finally, borrowing directly from Huntington (2012), we argue that the snowballing effect from the revolts starting in Tunisia (2010) is the catalyst for the overthrow of President Mubarak.
Tipo Trabalho de conclusão de graduação
URI http://hdl.handle.net/10183/147361
Arquivos Descrição Formato
000936268.pdf (817.0Kb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.