Repositório Digital

A- A A+

Scirrhous eosinophilic gastritis in two dogs

.

Scirrhous eosinophilic gastritis in two dogs

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título Scirrhous eosinophilic gastritis in two dogs
Outro título Gastrite eosinofílica esquirrosa em dois cães
Autor Laisse, Cláudio João Mourão
Castro, Neusa Barbosa
Oliveira, Eduardo Conceição de
Bianchi, Matheus Viezzer
Fredo, Gabriela
Siviero, Amanda dos Santos
Lopes, Daniela Jardim
Pavarini, Saulo Petinatti
Driemeier, David
Sonne, Luciana
Abstract Scirrhous eosinophilic gastritis (SEG) is characterized by diffuse infiltration of eosinophils and concomitant fibrovascular tissue proliferation in the stomach wall. The condition is a rare occurrence with an unknown cause. Two dogs were examined with a history of progressive weight loss, emesis, melena and anorexia. Complete blood cell counts of both cases revealed anemia and eosinophilia, while ultrasonography examination revealed thickening of the stomach wall. Due to suspected gastric neoplasia and a poor clinical prognosis, the dogs were euthanized. At necropsy, both had markedly distended stomachs with a diffusely thickened and firm wall. The spleens of both dogs were enlarged with a nodular surface. Histological evaluation revealed diffuse infiltrate of eosinophils, fibrovascular tissue proliferation and fibrinoid degeneration in blood vessel walls of stomach and spleen. SEG is a rare pathological condition that must be considered as a possible diagnosis in dogs presenting gastrointestinal signs and eosinophilia.
Resumo A gastrite eosinofílica esquirrosa (GEE) é caracterizada por infiltrado inflamatório difuso de eosinófilos e concomitante proliferação de tecido fibrovascular no estômago. A condição apresenta ocorrência rara e causa desconhecida. Dois cães foram examinados com histórico de emagrecimento progressivo, êmese, melena e anorexia. O hemograma de ambos os casos revelou anemia e eosinofilia, enquanto o exame ultrassonográfico evidenciou espessamento da parede do estômago. Diante de suspeita de neoplasia gástrica e devido ao prognóstico desfavorável, foi realizada a eutanásia dos cães. Na necropsia, ambos apresentavam estômago acentuadamente aumentado, com parede difusamente espessada e firme. O baço dos dois cães apresentava-se aumentado e com superfície nodular. O exame histopatológico revelou infiltrado difuso de eosinófilos, proliferação de tecido fibrovascular e degeneração fibrinoide na parede de vasos sanguíneos no estômago e baço. A GEE é uma condição patológica rara que deve ser considerada no diagnóstico em cães que apresentem sinais gastrointestinais e eosinofilia.
Contido em Ciência rural. Santa Maria. Vol. 46, n. 5 (maio 2016), p. 881-884s
Assunto Eosinofilia
Gastroenterite
Gastroenterologia animal : Animais domesticos
Gastropatias : Diagnostico
[en] Dog
[en] Eosinophilia
[en] Gastroenteritis
[en] Gastropathy
Origem Nacional
Tipo Artigo de periódico
URI http://hdl.handle.net/10183/147438
Arquivos Descrição Formato
000994613.pdf (1.342Mb) Texto completo (inglês) Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.