Repositório Digital

A- A A+

Diretrizes para o manejo do tétano acidental em pacientes adultos

.

Diretrizes para o manejo do tétano acidental em pacientes adultos

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título Diretrizes para o manejo do tétano acidental em pacientes adultos
Outro título Guidelines for the management of accidental tetanus in adult patients
Autor Lisboa, Thiago Costa
Ho, Yeh LI
Henriques Filho, Gustavo Trindade
Brauner, Janete Salles
Valiatti, Jorge Luis dos Santos Valiatti
Verdeal, Juan Carlos Rosso
Machado, Flávia Ribeiro
Resumo O tétano acidental, a despeito de ser uma doença prevenível por imunização, ainda é frequente nos países subdesenvolvidos e em desenvolvimento. Sua letalidade ainda é elevada e os estudos sobre a melhor forma de tratamento são escassos. Tendo em vista esta escassez e a importância clínica dessa doença, um grupo de especialistas reunidos pela Associação de Medicina Intensiva Brasileira (AMIB), desenvolveu recomendações baseadas na melhor evidencia disponível para o manejo do tétano no paciente necessitando cuidados intensivos. As recomendações incluem aspectos relativos à admissão do paciente tetânico na unidade de terapia intensiva, tratamento com imunoglobulinas, tratamento antibiótico, manejo da analgossedação e bloqueio neuromuscular, manejo da disautonomia e especificidades na ventilação mecânica e fisioterapia nesta população especial.
Abstract Although tetanus can be prevented by appropriate immunization, accidental tetanus continues to occur frequently in underdeveloped and developing countries. Tetanus mortality rates remain high in these areas, and studies regarding the best therapy for tetanus are scarce. Because of the paucity of data on accidental tetanus and the clinical relevance of this condition, the Associação de Medicina Intensiva Brasileira (AMIB) organized a group of experts to develop these guidelines, which are based on the best available evidence for the management of tetanus in patients requiring admission to the intensive care unit. The guidelines discuss the management of tetanus patients in the intensive care unit, including the use of immunoglobulin therapy, antibiotic therapy, management of analgesics, sedation and neuromuscular blockade, management of dysautonomia and specific issues related to mechanical ventilation and physiotherapy in this population.
Contido em Revista Brasileira de Terapia Intensiva. São Paulo : AMIB. Vol. 23, no. 4 (abr./jun. 2011), p. 394-409
Assunto Adulto
Guias como assunto
Prática clínica baseada em evidências
Tétano
Origem Nacional
Tipo Artigo de periódico
URI http://hdl.handle.net/10183/147484
Arquivos Descrição Formato
000996655.pdf (299.1Kb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.