Repositório Digital

A- A A+

Caracterização dos pacientes triados por critérios de classificação de risco no serviço de emergência do Hospital de Clínicas de Porto Alegre

.

Caracterização dos pacientes triados por critérios de classificação de risco no serviço de emergência do Hospital de Clínicas de Porto Alegre

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título Caracterização dos pacientes triados por critérios de classificação de risco no serviço de emergência do Hospital de Clínicas de Porto Alegre
Autor Milioni, Kelly Cristina
Orientador Crossetti, Maria da Graça Oliveira
Data 2007
Nível Graduação
Instituição Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Escola de Enfermagem. Curso de Enfermagem.
Assunto Enfermagem em emergência
Triagem
Resumo O setor de classificação de risco nos serviços de emergência constitui um campo de atuação para os enfermeiros avaliarem os pacientes quanto a gravidades dos seus problemas. Devido à grande demanda por atendimento nesses serviços, este estudo teve por objetivo geral caracterizar os pacientes triados por critérios de classificação de risco no serviço de emergência do Hospital de Clínicas de Porto Alegre – HCPA, e específicos verificar as características dos pacientes que tem acesso ao setor segundo variáveis demográficas (idades, sexo, escolaridades, procedência), queixas principais e sinais e sintomas, verificar se existe correlação entre essas variáveis e os critérios de classificação de risco, identificar o nível de gravidade e o desfecho dos pacientes atendidos no setor. Constitue-se de uma pesquisa descritiva exploratória prospectiva com abordagem quantitativa dos dados. O estudo foi desenvolvido no setor de Classificação de Risco no Serviço de Emergência do Hospital de Clínicas de Porto Alegre – HCPA. Os dados foram coletados através da análise das Quarys, emitidas no setor pelo sistema informatizado “prontuário on-line” dos boletins de atendimentos realizados pela equipe de enfermagem. O projeto deste estudo foi submetido e aprovado pelo Comitê de Ética e Pesquisa do Hospital de Clínicas de Porto Alegre – HCPA/GPPG. Definiu-se estatisticamente a mostra de 384 sujeitos, considerando um nível de confiança de 95% e uma margem de erro de 5%. Concluiu-se que: 65,6% (252) sujeitos são oriundos de Porto Alegre/RS; 45,3% (174) pertencem ao sexo feminino, onde prevaleceu a faixa etária entre 51 a 70 anos 32,2% (124) sujeitos da amostra; a queixa de dor prevaleceu em 70,8% (272) dos sujeitos do estudo; a prevalência na procura por assistência no serviço de emergência, foi entre as mulheres; quanto aos critérios de risco a prevalência foi de sujeitos com risco intermediário, ou seja, de cor amarela, onde o atendimento deve ser no máximo em 1 hora e que a faixa etária prevalente no setor de triagem foi a de idosos acima de 60 anos de idade correspondendo a 39,5% (152) dos sujeitos do estudo.
Tipo Trabalho de conclusão de graduação
URI http://hdl.handle.net/10183/147562
Arquivos Descrição Formato
000644989.pdf (202.6Kb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.