Repositório Digital

A- A A+

Failure to thrive - atraso não-orgânico do crescimento infantil : um desafio para a enfermagem

.

Failure to thrive - atraso não-orgânico do crescimento infantil : um desafio para a enfermagem

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título Failure to thrive - atraso não-orgânico do crescimento infantil : um desafio para a enfermagem
Autor Santin, Alessandra
Orientador Algeri, Simone
Data 2007
Nível Graduação
Instituição Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Escola de Enfermagem. Curso de Enfermagem.
Assunto Estado nutricional
Insuficiência de crescimento
Privação materna
Resumo O atraso não-orgânico do crescimento infantil ou non-organic failure to thrive é um tema ainda pouco difundido nos meios acadêmicos no Brasil, e desconhecido para a maioria dos profissionais da área da saúde. Este estudo, realizado através de uma pesquisa bibliográfica, conforme Gil (2002) visa conhecer o conteúdo das abordagens referentes a essa desordem infantil, bem como suas causas, sinais e sintomas mais freqüentes e qual o papel que a Enfermagem desempenha frente a essa situação, a fim de ampliar o conhecimento desses profissionais. É de grande importância que o profissional de Enfermagem saiba reconhecer e perceber os sinais que caracterizam o Atraso não-orgânico do Crescimento Infantil, para que possa cuidar adequadamente da criança e sua família frente este quadro.
Tipo Trabalho de conclusão de graduação
URI http://hdl.handle.net/10183/147565
Arquivos Descrição Formato
000605264.pdf (178.0Kb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.