Repositório Digital

A- A A+

Perfil de excreção de Salmonella em suínos ao abate e presença de carcaças positivas no pré-resfriamento

.

Perfil de excreção de Salmonella em suínos ao abate e presença de carcaças positivas no pré-resfriamento

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título Perfil de excreção de Salmonella em suínos ao abate e presença de carcaças positivas no pré-resfriamento
Autor Paim, Daniel Santos
Orientador Cardoso, Marisa Ribeiro de Itapema
Data 2016
Nível Mestrado
Instituição Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Faculdade de Veterinária. Programa de Pós-Graduação em Ciências Veterinárias.
Assunto Abate
Bacteriologia
Carcaça de suinos : Contaminação
Excreção
Microorganismo indicador
Salmonella sp. : Suínos
[en] Carrier pig
[en] Indicator microorganisms
[en] Pig carcass contamination
[en] Salmonella enumeration
Resumo A presença de Salmonella no conteúdo intestinal do suíno ao abate é a principal fonte de contaminação da carcaça. O processo de abate embora capaz de controlar a contaminação de carcaças pode não ser capaz de garantir baixa frequência de carcaças positivas para Salmonella em lotes que apresentam elevado número de suínos excretores. O objetivo deste estudo exploratório foi acompanhar lotes suínos abatidos em um matadouro-frigorífico em relação à presença de excretores de Salmonella no conteúdo intestinal e à frequência de carcaças positivas para Salmonella no pré-resfriamento. O estudo foi conduzido em dez dias de abate; em cada dia, cinco suínos foram amostrados, totalizando 50 animais, destes foram coletados: sangue, conteúdo intestinal, suabes de superfície da carcaça nas etapas de pós-sangria e pré-resfriamento. O soro foi submetido ao teste ELISA-Typhimurium; Salmonella foi enumerada no conteúdo intestinal pela técnica do Numero Mais Provável (NMP); e nos suabes de carcaça foi realizada pesquisa de Salmonella e enumeração de Mesófilos aeróbios totais (MAT) e Enterobactérias. Todos os suínos foram positivos na pesquisa de IgG anti-Salmonella, em 64% destes Salmonella foi detectada no conteúdo intestinal em médias estimadas entre 2,7 e >1.400 NMP/g de conteúdo intestinal. A superfície das carcaças apresentou média de 3,28 log UFC/cm2 de MAT, quando amostradas na pós-sangria. As mesmas carcaças, na etapa de pré-resfriamento, apresentaram médias entre 1,43 e 2,48 log UFC/cm2, observando-se uma redução logarítmica média de 0,64 a 2,35 UFC/cm2 entre as etapas de coleta. A enumeração de Enterobactérias apresentou maior variação entre os dias e entre as etapas de abate. Na etapa de pós-sangria as médias variaram de 0,27 a 2,64 log UFC/cm2. Já no pré-resfriamento as médias variaram de -0,71 até 0,46 log UFC/cm2. Em relação ao isolamento de Salmonella, houve uma frequência de 16% (8/50) de carcaças positivas na etapa de pós-sangria e 8% (4/50) no pré-resfriamento. Os sorovares Typhimurium, Derby, Infantis e O:4,5 foram encontrados nas carcaças. As quatro carcaças positivas no pré-resfriamento foram originadas de suínos que apresentaram Salmonella no conteúdo intestinal; duas delas provenientes de um mesmo dia de abate, no qual todos os suínos apresentavam elevado número de Salmonella no conteúdo intestinal (130 até > 1.400 NMP/g-1). Os resultados obtidos indicam que lotes de abate com suínos apresentando alta contagem de Salmonella no conteúdo intestinal podem apresentar maior frequência de carcaças positivas no pré-resfriamento, mesmo em processos de abate de acordo com os padrões higiênico-sanitários.
Abstract The presence of Salmonella in the intestinal contents of slaughter pigs is considered the main source for carcass contamination. The slaughter process can control the contamination of carcasses, but may not be able to ensure a low frequency of Salmonella-positive carcasses in slaughter batches that have a high number of shedders. The objective of this exploratory study was to follow slaughter pig batches for the presence of Salmonella in intestinal content and to determine the frequency of Salmonella-positive pre-chill carcasses. The study was conducted in ten slaughter; in each day five pigs were sampled for: blood, intestinal contents; carcass surface swabs taken at the post-bleeding and pre-chill steps. The serum was subjected to the ELISA- Typhimurium test; Salmonella was enumerated in the intestinal contents by the Most Probable Number (MPN) protocol; and carcass swabs were subjected to Salmonella detection and enumeration of Total aerobic mesophilic (MAT) and Enterobacteriaceae. All pigs were positive in the anti-Salmonella IgG testing, in 64% of them Salmonella was detected in the intestinal contents. The estimated Salmonella mean ranged from 2.7 to > 1,400 MPN/g-1 of intestinal content. In the carcass surface an averaged of 3.28 log CFU/cm2 of MAT was found at the post-bleeding step. The same carcasses presented averages between 1.43 and 2.48 log CFU/cm2 in the pre-cooling stage, corresponding to a mean log reduction from 0.64 to 2.35 log CFU/cm2 between steps. Enumeration of Enterobacteriaceae showed a greater variation between days and slaughtering stages. In the post-bleeding step averages ranged from 0.27 to 2.64 log CFU/cm2. In the pre-cooling the average ranged from -0.71 to 0.46 log CFU/cm2. Regarding the isolation of Salmonella, the frequency was 16% (8/50) of positive carcasses at the post-bleeding step and 8% (4/50) at the pre-chilling. The serovar Typhimurium, Derby, Infantis and O:4,5 were found in the carcasses. The four positive carcasses in the pre-cooling step originated from pigs that had Salmonella in intestinal contents, two of them were slaughter on a same day, in which all pigs had a high number of Salmonella in intestinal contents (130 to > 1,400 MPN/g-1). The results indicate that slaughter pig batches presenting high counts of Salmonella in intestinal contents may have higher frequency of positive carcasses in the pre-chilling, even in slaughtering processes complying to hygienic-sanitary standards.
Tipo Dissertação
URI http://hdl.handle.net/10183/147660
Arquivos Descrição Formato
001000135.pdf (655.9Kb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.