Repositório Digital

A- A A+

Obtenção e avaliação de revestimentos de silano e tanino para a substituição da cromatização em aços galvanizados

.

Obtenção e avaliação de revestimentos de silano e tanino para a substituição da cromatização em aços galvanizados

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título Obtenção e avaliação de revestimentos de silano e tanino para a substituição da cromatização em aços galvanizados
Autor Schmidt, Douglas Margarezzi
Orientador Meneguzzi, Alvaro
Co-orientador Garcia, Bruno Pienis
Moreira, Vitor Bonamigo
Data 2016
Nível Graduação
Instituição Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Escola de Engenharia. Curso de Engenharia de Materiais.
Assunto Engenharia de materiais
Resumo O meio ambiente é uma das grandes preocupações do último século. Em todos os campos estão sendo desenvolvidas pesquisas sobre métodos e produtos que, de alguma forma, sejam ambientalmente favoráveis, e no campo de revestimentos não é diferente. Os revestimentos à base de cromatos são altamente eficientes no tocante à corrosão, além de possuírem baixo custo na sua aplicação. Os íons presentes em tais revestimentos (Cr+6) são tóxicos e cancerígenos, por isso a sua substituição é alvo de estudos. Os silanos apresentam propriedades de barreira quando aplicados como revestimentos, porém sua eficiência é pequena quando utilizado isoladamente. Devido a isto, o uso de inibidores nestes revestimentos vem ganhando força, por elevarem as propriedades originais do silano. Os taninos podem ser utilizados como inibidores, porém, o estudo de seu uso em conjunto com silanos ainda não foi muito explorado. O objetivo deste trabalho é obter um revestimento à base de silano contendo tanino como inibidor e avaliar suas propriedades anticorrosivas no aço galvanizado. Utilizou-se duas concentrações de tanino na solução precursora (10g/L e 2g/L) e dois tempos de imersão (8 e 15 minutos) como variantes. Foram realizados ensaios de polarização potenciodinâmica, impedância eletroquímica, microscopia eletrônica de varredura (MEV), energy dispersive spectroscopy (EDS), corrosão acelerada em câmara úmida e Fourier transform infrared spectroscopy (FTIR). Os resultados obtidos mostraram que o revestimento contendo tanino e silano foi obtido e apresentou propriedades melhores que o revestimento de silano isolado, porém ainda são inferiores quando comparadas com os revestimentos cromatizados. A amostra contendo 10 g/L de tanino na solução precursora do revestimento apresentou melhores propriedades na corrosão acelerada. O tempo de imersão também afetou o revestimento final formado.
Tipo Trabalho de conclusão de graduação
URI http://hdl.handle.net/10183/147757
Arquivos Descrição Formato
000999968.pdf (1.412Mb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.