Repositório Digital

A- A A+

Influência da composição química dos substratos AISI 316L e API 5L X70 e da corrente de deposição na resistência à corrosão de revestimentos de Inconel 625 depositados por PTA

.

Influência da composição química dos substratos AISI 316L e API 5L X70 e da corrente de deposição na resistência à corrosão de revestimentos de Inconel 625 depositados por PTA

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título Influência da composição química dos substratos AISI 316L e API 5L X70 e da corrente de deposição na resistência à corrosão de revestimentos de Inconel 625 depositados por PTA
Outro título Influência da composição química dos substratos AISI 316L e API 5L X70 e da corrente de deposição na resistência à corrosão de revestimentos de Inconel 625 depositados por plasma a arco transferido
Autor Gatto, Emily Menegon
Orientador Kwietniewski, Carlos Eduardo Fortis
Co-orientador Falcade, Tiago
Data 2016
Nível Graduação
Instituição Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Escola de Engenharia. Curso de Engenharia de Materiais.
Assunto Engenharia de materiais
Resumo As ligas de Níquel vêm sendo utilizadas em diferentes segmentos industriais como o de óleo e gás devido, especialmente, à sua elevada resistência à corrosão. As aplicações convencionais utilizam estas ligas na forma de produtos fundidos ou forjados, enquanto a sua aplicação na forma de revestimentos soldados sobre aços vem crescendo com as demandas de produção do pré-sal brasileiro. Neste trabalho, foi avaliado o efeito do substrato e da corrente de deposição sobre a composição química e resistência à corrosão de revestimentos de IN 625 depositados por Plasma com Arco Transferido (PTA) sobre aços AISI 316L e API 5L X70. A composição química foi determinada por espectroscopia de emissão óptica, enquanto o comportamento em corrosão foi avaliado através de curvas de polarização potenciodinâmica e pela medida da temperatura crítica de pite (Critical Pitting Temperature - CPT). A maior diluição de elementos de liga observada em revestimentos sobre o aço AISI 316L acarretou em um maior teor de ferro e em um maior teor de cromo. Os ensaios de corrosão indicaram que os revestimentos com este substrato apresentaram, de modo geral, curvas de polarização potenciodinâmicas mais estáveis e mais definidas, e em média, com temperaturas críticas de pite mais elevadas.
Abstract Nickel-based alloys have been used in different industry sectors such as oil and gas, especially due to their high corrosion resistance. Conventional applications use these alloys as cast or forged products, while its application as welded coatings on steels is growing, especially, because the production demands of the Brazilian pre-salt. This study evaluated the effect of the deposition current on the chemical composition and corrosion resistance of IN 625 alloy coatings deposited by Plasma Transferred Arc (PTA) onto AISI 316L and API 5L X70 steel substrates. The chemical composition was determined by optical emission spectroscopy, while the corrosion behavior was evaluated by potentiodynamic polarization curves and by measuring the critical pitting temperature (CPT). The highest dilution observed for coatings onto AISI 316L steel led to higher iron content and, at the same time, a higher chromium content. Corrosion tests indicated that the coatings onto stainless steel presented, in general, polarization curves more stable and higher critical pitting temperatures.
Tipo Trabalho de conclusão de graduação
URI http://hdl.handle.net/10183/147794
Arquivos Descrição Formato
000999971.pdf (3.256Mb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.