Repositório Digital

A- A A+

Análise da expressão e distribuição de E-caderina, Vinculina e cinase de adesão focal em biópsias de carcinoma espinocelular oral

.

Análise da expressão e distribuição de E-caderina, Vinculina e cinase de adesão focal em biópsias de carcinoma espinocelular oral

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título Análise da expressão e distribuição de E-caderina, Vinculina e cinase de adesão focal em biópsias de carcinoma espinocelular oral
Autor Silveira, Bernardo Salim
Orientador Lamers, Marcelo Lazzaron
Data 2013
Nível Mestrado
Instituição Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Faculdade de Odontologia. Programa de Pós-Graduação em Odontologia.
Assunto Carcinoma de células escamosas
Neoplasias bucais
[en] Actin
[en] Cell adhesion
[en] Cell migration
Resumo O carcinoma espinocelular é uma neoplasia maligna que representa aproximadamente 94% de todas as ocorrências presentes em boca e uma das suas principais características celulares é a migração de suas células para formar metástases. A adesão celular é considerada um dos eventos determinantes da migração celular. Para as células formarem uma estrutura tecidual tridimensional as adesões entre células e entre células e matriz extracelular são de grande importância. As junções de adesão celulares surgem, caracteristicamente, pela interação entre receptores adesivos, vias de sinalização e elementos do citoesqueleto. A proteína E-caderina está presente em adesões entre células no tecido epitelial. A proteína FAK está envolvida na maioria dos eventos relacionados à adesão celular estimulada por integrinas. A Vinculina é uma proteína de adesão que se liga ao citoesqueleto de actinomiosina como uma proteína de adesão focal através das integrinas. Estudos recentes sugerem que há alteração na expressão e atividade de proteínas de adesão em tumores malignos. O objetivo deste trabalho foi descrever o padrão de expressão e de regulação da atividade de proteínas de adesão em amostras de tumores de carcinoma espinocelular. Foram realizadas reações de imunoistoquímica para verificar o padrão de distribuição das proteínas E-caderina, Vimentina e FAK-y397 em amostras de tumores de carcinoma espinocelular oral. Verificou-se a diminuição da expressão de E-caderina e de Vinculina em regiões de adesão célula-célula e em contrapartida constatou-se aumento na marcação citoplasmática de Vinculina bem como na marcação de FAK-y397 em todas as amostras de tumores. Apesar dos avanços, ainda são necessários mais estudos observacionais que averiguem não apenas o grau de expressão dessas proteínas de adesão, mas também o seu nível de regulação. A partir dos resultados deste estudo, pode-se sugerir que o controle do nível de expressão e de atividade da adesão celular podem ser considerados como potenciais alvos para a aplicação de terapias coadjuvantes que visam a diminuir ou impedir a progressão tumoral, bem como o desenvolvimento de metástases.
Abstract Squamous cell carcinoma is a malignant neoplasm that accounts for approximately 94% of all occurrences present in mouth and one of its main characteristics is the cellular migration of its cells to form metastases. Cell adhesion is considered one of the defining events of cell migration. For a three-dimensional tissue structure, adhesions between cells and between cells and the extracellular matrix is of great importance. Cell adhesion junctions arise characteristically by interaction between adhesive receptors, signaling pathways and cytoskeletal elements. The protein E-cadherin is present in cells in the adhesion between epithelial tissue. The Focal Adhesion Kinase (FAK) protein is involved in most events related to cell adhesion stimulated by integrins. The vinculin is an adhesion protein that binds cytoskeletal protein through integrins activaion. Recent studies suggest that there are alterations in the expression and activity of adhesion proteins in malignant tumors. The aim of this study was to describe the pattern of expression and regulation of the activity of adhesion proteins in tumor samples of squamous cell carcinoma. Immunohistochemical reactions were performed to check the distribution pattern of the protein E-cadherin, vimentin and FAK-y397 in tumor samples of oral squamous cell carcinoma. There was a decrease in the expression of E-cadherin and vinculin in regions of cell-cell adhesion but, on the other hand, it was found to increase in cytoplasmic as well as unscheduled vinculin FAK-y397 in all tumor samples. Despite progress, it is necessary more observational studies that examine not only the degree of expression of these adhesion proteins, but also its level of regulation. From the results of this study it is suggested that the control of the expression level and activity of cell adhesion may be considered as potential targets for application adjuvant therapies that aim to reduce or prevent tumor progression and the development metastases.
Tipo Dissertação
URI http://hdl.handle.net/10183/147801
Arquivos Descrição Formato
000999632.pdf (1.337Mb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.