Repositório Digital

A- A A+

Trabalho bancário e reestruturação produtiva : implicações no psiquismo dos trabalhadores

.

Trabalho bancário e reestruturação produtiva : implicações no psiquismo dos trabalhadores

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título Trabalho bancário e reestruturação produtiva : implicações no psiquismo dos trabalhadores
Autor Barbarini, Neuzi
Orientador Merlo, Alvaro Roberto Crespo
Data 2001
Nível Mestrado
Instituição Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Instituto de Psicologia. Programa de Pós-Graduação em Psicologia Social e Institucional.
Assunto Mudança organizacional
Saúde mental
Saúde ocupacional
Trabalho bancário
Resumo Há alguns anos o trabalho nos bancos brasileiros é objeto de profundas mudanças, sobretudo após a implantação do Plano Real em 1994. Em seus esforços para se adaptar à nova contingência econômica do país e ao aumento da concorrência no setor, os bancos flexibilizam suas estruturas, diminuem os efetivos, implantam sistemas informáticos que permitem o tratamento das informações com utilização de menos trabalhadores e utilizam cada vez mais a terceirização de atividades antes efetuadas por seus empregados. Essas mudanças não se dão sem reflexos sobre os trabalhadores. Estes devem se adaptar as situações novas, ao aumento da pressão no trabalho, da exposição a riscos e ao fim da segurança no emprego. A partir de uma pesquisa feita com caixas de uma agência bancária, fizemos, neste trabalho, uma análise das repercussões das mudanças dos psiquismo dos trabalhadores, com uma atenção particular às formas de mobilização da inteligência e da personalidade no trabalho e na utilização de estratégias coletivas de defesa para enfrentar o sofrimento. Analisamos também a relação entre essas mudanças e o aumento da incidência de LER/DORT entre bancários. Para realizar a pesquisa e a análise dos dados, utilizamos o aporte teórico e metodológico da Psicodinâmica do Trabalho, disciplina que estuda em que situações as condições organizacionais determinam o sentido e a mobilização subjetiva no trabalho, e também as repercussões dessas condições sobre a saúde dos trabalhadores.
Résumé Le travail dans les banques brésiliennes sont l'objet de profonds changements depuis quelques années, surtout après l’implantation du Plan Real, en 1994. Dans leur effort pour s’adapter au nouveau environnement économique qui s’est constitué dans le pays et à l’augmentation de la concurrence dans le secteur, les banques fléxibilisent leurs structures, diminuent leurs effectifs, implantent des systèmes informatiques permettant le traitement de donnés avec moins d’employés et utilisent, de plus en plus, des entreprises sous-traités pour accomplir de tâches autrefois accomplies par leurs employés. Ces changements ne se donnent pas sans des répércussions sur les travailleurs. Ceux-ci doivent s’adapter à des situations nouvelles, à l’accroissement des pressions au travail, à l'exposition aux risques et à la fin de la garantie à l’emploi. Dans une enquête faite parmi les caissiers d’une agence bancaire, nous faisons, dans ce travail, une analyse des répercussions des ces changements sur le psychisme des travailleurs, avec une attention particulière aux formes de mobilisation de l’inteligence et de la personalité au travail et à l’utilisation des stratégies colectives de défense pour faire face à la souffrance. Nous analysons aussi le rapport entre ces changements et l’augmentation de l’incidence de LER/DORT parmi les bancaires. Dans cette démarche nous utilisons l’apport téorique et méthodologique de la Psychodynamique du Travail, discipline qui étudie les conditions organisationelles du travail et sa détermination, dans le sens d'une mobilisations subjective au travail, ainsi que les répercusions que ces conditions peuvent avoir sur la santé des travailleurs.
Tipo Dissertação
URI http://hdl.handle.net/10183/14785
Arquivos Descrição Formato
000292475.pdf (2.572Mb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.