Repositório Digital

A- A A+

Perdas por erosão na cultura do milho implantada sobre campo nativo, relacionadas com métodos de preparo do solo e tipos de adubação

.

Perdas por erosão na cultura do milho implantada sobre campo nativo, relacionadas com métodos de preparo do solo e tipos de adubação

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título Perdas por erosão na cultura do milho implantada sobre campo nativo, relacionadas com métodos de preparo do solo e tipos de adubação
Outro título Erosion losses in corn overseeded into a native pasture, related to tillage methods and fertilization types
Autor Gilles, Luciléia
Orientador Cogo, Neroli Pedro
Data 2008
Nível Mestrado
Instituição Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Faculdade de Agronomia. Programa de Pós-Graduação em Ciência do Solo.
Assunto Adubacao
Campo nativo
Erosao
Milho
Preparo do solo
Resumo Apesar do conhecimento que se tem sobre a erosão nas terras cultivadas brasileiras, existem situações de uso e manejo do solo que precisam ser mais bem estudadas. Com isto em mente, realizou-se este trabalho de pesquisa com o objetivo de investigar a erosão hídrica pluvial do solo, provocada por chuva artificial, em área de campo nativo submetida ao cultivo de milho (Zea mays, L), usando os preparos de solo escarificação e semeadura direta e as adubações mineral e orgânica. O estudo foi desenvolvido na Estação Experimental Agronômica da Universidade Federal do Rio Grande do Sul - EEA/UFRGS, em Eldorado do Sul (RS), sobre um Argissolo Vermelho franco-arenoso com 0,13 m m-1 de declividade. Realizaram-se testes de erosão com chuva simulada logo a seguir a implantação dos tratamentos e a semeadura do milho e 75 dias mais tarde, no estádio de pendoamento da cultura, ambos na intensidade de 64 mm h-1 e com duração de 1,5 h, usando o aparelho simulador de chuva de braços rotativos. Os resultados evidenciaram que os tratamentos influenciaram o desenvolvimento da cultura e as perdas por erosão. O milho desenvolveu-se melhor na escarificação, independentemente do tipo de adubação. A perda de solo ocorreu somente na escarificação e no primeiro teste de chuva, em quantidade pequena, independentemente do tipo de adubação. A perda de água, de matéria orgânica e de nutrientes ocorreu em todos os tratamentos e testes de chuva, em quantidade variada, em geral sendo maior na semeadura direta e no primeiro teste de chuva. O pH da enxurrada foi pouco afetado por qualquer das situações, enquanto que a condutividade elétrica e as concentrações médias de matéria orgânica e nutrientes foram marcantemente influenciadas tanto pelos tratamentos quanto pelos testes de chuva, diretamente influindo as quantidades totais dos referidos constituintes removidas pela erosão. As quantidades totais finais de nutrientes perdidas por erosão foram maiores para o potássio na adubação orgânica e na adubação mineral, para o fósforo na adubação mineral e para o nitrogênio na adubação orgânica e na adubação mineral, nesta ordem de valores decrescentes e todos na semeadura direta. A perda de nutrientes determinada no estudo implicou alto valor financeiro estimado necessário para repor ao solo os adubos perdidos pela erosão.
Abstract Despite the knowledge that exists on erosion in Brazilian’s cultivated lands, there are situations of soil use and management that need be studied better. With this in mind, it was realized this research work with the objective of investigating soil erosion by rainfall, provoked by artificial rain, in an area of native pasture seeded to corn (Zea mays, L.), using reduced- and no-tillage and mineral and organic fertilization. The study was developed at the Agriculture Experimental Station of the Federal University of Rio Grande do Sul - EEA/UFRGS, in Eldorado do Sul (RS), over a sandy loam, 0.13 m m-1 slope steepness Ultisol. Simulated rainfall, erosion tests were accomplished soon after treatments establishment and corn seeding and 75 days later, at corn tasseling, both at 64 mm h-1 rainfall intensity and for 1.5-hour duration. The results showed that crop development and erosion losses were influenced by treatments. Corn developed a little better under reduced-tillage, regardless of fertilization type. Soil loss occurred only under reduced-tillage and in the first rainfall test, in small amount, regardless of fertilization type. Water, organic matter, and nutrients losses occurred in all treatments and rainfall tests, in varied amounts, in general being higher under no-tillage and in the first rainfall test. The pH of the runoff was little affected by any of the situations, while the electric conductivity and the average concentrations of organic matter and nutrients were greatly influenced by both treatments and rainfall tests, directly influencing the total amounts of the referred constituents removed by erosion. The total, final amounts of nutrients lost by erosion were higher for potassium in organic and in mineral fertilization, for phosphorous in mineral fertilization, and for nitrogen in organic and in mineral fertilization, in this order of decreasing values and all under no-tillage. The nutrients loss determined in the study implied high estimated monetary value needed for reposing to the soil the fertilizers lost by erosion.
Tipo Dissertação
URI http://hdl.handle.net/10183/14801
Arquivos Descrição Formato
000668544.pdf (844.3Kb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.