Repositório Digital

A- A A+

Um estudo exploratório sobre avaliação de desempenho ambiental em portos

.

Um estudo exploratório sobre avaliação de desempenho ambiental em portos

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título Um estudo exploratório sobre avaliação de desempenho ambiental em portos
Autor Roos, Erica Caetano
Orientador Kliemann Neto, Francisco Jose
Data 2016
Nível Mestrado
Instituição Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Escola de Engenharia. Programa de Pós-Graduação em Engenharia de Produção.
Assunto Gestão ambiental
Impacto ambiental
Indicadores de desempenho
Portos
[en] Environmental and economic performance
[en] Environmental performance
[en] Performance indicators
[en] Port management
Resumo Portos são elos que ligam o transporte terrestre ao transporte marítimo e são fundamentais para o comércio internacional. Por sua importância para o desenvolvimento dos países, portos vêm demandando técnicas mais aprimoradas para sua gestão e também para a avaliação de seu desempenho. Nesse contexto, surgem questões importantes, tais como a definição, métricas utilizáveis e também dimensões de desempenho a serem avaliadas. Uma questão que surge é a da avaliação de desempenho ambiental do porto, já que por serem interfaces entre a terra e o mar, portos impactam nos ecossistemas marinhos e terrestres. Porém, a avaliação ambiental geralmente envolve critérios técnicos, e o impacto econômico e financeiro acaba em segundo plano. Sendo assim, esta dissertação propõe compreender as questões envolvidas na avaliação de desempenho de portos, e especificamente na avaliação de desempenho ambiental nos mesmos. Para isso, foi realizada uma pesquisa exploratória que busca compreender o tema de avaliação de desempenho ambiental levando em consideração aspectos econômicos e financeiros. Ao longo desta pesquisa, os resultados apontam que ainda havia uma lacuna na literatura, onde não havia um modelo que levasse em consideração critérios econômicos e financeiros ao avaliar o desempenho ambiental. Para solucionar este problema, foi proposto um modelo de indicadores de referência. Entretanto, para avaliar a viabilidade de implantação do modelo proposto, foram realizadas entrevistas com stakeholders do setor portuário. Os entrevistados foram a Gerência de Meio Ambiente da ANTAQ (Agência Nacional de Transporte Aquaviário), a SEP/PR (Secretaria Especial de Portos da Presidência da República) e duas Superintendências do Rio Grande do Sul, que são responsáveis pelos portos públicos do estado: a SPH (Superintendência de Portos e Hidrovias) e a SUPRG (Superintendência do Porto do Rio Grande). Os resultados das entrevistas apontam que o modelo proposto não seria aplicável neste momento. Então, a proposta foi adaptada e criou-se um modelo simplificado e outro que poderá ser implantado quando já houver base de dados suficiente para tal. Portanto, a contribuição acadêmica deste trabalho está relacionada à criação de indicadores para a medição de desempenho ambiental e econômico em portos e a discussão do tema para portos brasileiros.
Abstract Ports are links that connect the inland transport to maritime transport and are essential for international trade. Because of its importance to the development of countries, ports are demanding improved techniques for their management and for evaluating their performance. In this context, there are important issues such as the definition, usable metrics and also dimensions of performance to be evaluated. One important question is the environmental performance of the port. Ports impact both on maritime and inland ecosystems, and it is necessary to minimize these impacts. However, the environmental assessment usually involves technical variables, and economic and financial impact are not taken into account. Thus, this dissertation proposes to understand the issues involved in assessing the performance of ports, and specifically in environmental performance evaluation on them. For this, an exploratory research was carried out aiming to understand the environmental performance evaluation issue taking into account economic and financial aspects. Throughout this study, the results showed that there was still a gap in the literature, where there was not a model to take into account economic and financial criteria to evaluate environmental performance. To solve this problem, a model with indicators to evaluate the performance was proposed. However, to assess the implementation feasibility of the proposed model, interviews were held with stakeholders in the port sector. Respondents were Environmental Management Sector of ANTAQ (National Agency of Waterway Transportation), SEP/PR (Special Secretariat of Ports of Precidency of Republic) and two Superintendents of Rio Grande do Sul, which are responsible for public ports in the state: SPH (Superintendence of Ports and Waterways) and SUPRG (Superintendence of Port of Rio Grande). The results of the interviews show that the proposed model would not apply at this time. So the proposal was adapted and created a simplified model and one that can be deployed when there is already sufficient database. Therefore, the academic contribution of this study is related to the establishment of indicators for measuring the environmental and economic performance in ports and the subject of discussion for Brazilian ports.
Tipo Dissertação
URI http://hdl.handle.net/10183/148020
Arquivos Descrição Formato
001000536.pdf (872.8Kb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.