Repositório Digital

A- A A+

Diagnósticos de enfermagem utilizados na oncologia : uma revisão integrativa

.

Diagnósticos de enfermagem utilizados na oncologia : uma revisão integrativa

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título Diagnósticos de enfermagem utilizados na oncologia : uma revisão integrativa
Autor Tentardini, Débora Martins
Orientador Karl, Ivana de Souza
Data 2016
Nível Graduação
Instituição Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Escola de Enfermagem. Curso de Enfermagem.
Assunto Diagnóstico de enfermagem
Enfermagem oncológica
Resumo Introdução: O Câncer é considerado um problema de saúde pública em todo o mundo e a Enfermagem Oncológica é uma especialidade que demanda alta complexidade assistencial durante todo o processo terapêutico desses pacientes. Objetivo: verificar os diagnósticos de enfermagem utilizados em pacientes oncológicos. Metodologia: estudo do tipo revisão integrativa. Resultados e Discussão: foram encontrados nos estudos analisados, os diagnósticos de enfermagem Proteção ineficaz, Risco de Infecção, Mucosa oral prejudicada, Hipertermia, Risco de sangramento, Fadiga, Dor aguda, Nutrição desequilibrada: menos que as necessidades corporais, Ansiedade, Medo, Mobilidade física prejudicada, Integridade da pele prejudicada, Conforto alterado, Risco de lesão, Pesar, Distúrbio na imagem corporal, Risco de constipação, Déficit no auto cuidado, Náusea, Angústia espiritual e Controle ineficaz do regime terapêutico. Além dos diagnósticos de enfermagem, emergiram as temáticas: sistematização da assistência de enfermagem e importância dos diagnósticos de enfermagem. Considerações Finais: Os diagnósticos de enfermagem utilizados em pacientes oncológicos necessitam ser mais estudados, para que assim possa oferecer contribuições aos profissionais de saúde. Ao formular o diagnóstico de enfermagem, o enfermeiro defronta-se com a difícil tarefa de escolha do que melhor representaria um conjunto de características definidoras, assim como a necessidade de avaliar as manifestações do paciente diante das características definidoras de cada diagnóstico. Portanto, cabe ao enfermeiro desenvolver a cada dia suas habilidades cognitivas e perceptivas, bem como sua experiência e a base de conhecimento científico, além de pensamento crítico e tomada de decisão, para assim realizar com acurácia o diagnóstico de enfermagem.
Tipo Trabalho de conclusão de graduação
URI http://hdl.handle.net/10183/148100
Arquivos Descrição Formato
001000537.pdf (613.4Kb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.