Repositório Digital

A- A A+

Associação do polimorfismo P72r (rs1042522) do gene TP53 com nascimentos gemelares em uma amostra da população do Rio Grande do Sul (RS)

.

Associação do polimorfismo P72r (rs1042522) do gene TP53 com nascimentos gemelares em uma amostra da população do Rio Grande do Sul (RS)

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título Associação do polimorfismo P72r (rs1042522) do gene TP53 com nascimentos gemelares em uma amostra da população do Rio Grande do Sul (RS)
Autor Mardini, Ana Carolina
Orientador Matte, Ursula da Silveira
Data 2016
Nível Mestrado
Instituição Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Faculdade de Medicina. Programa de Pós-Graduação em Saúde da Criança e do Adolescente.
Assunto Gêmeos
Polimorfismo genético
[en] Gene TP53
[en] Polimorfism
[en] rs1042522
[en] Twins
Resumo Introdução: Embora o nascimento de gêmeos tenha sempre chamado atenção, não há fatores genéticos ou ambientais conhecidos que podem determinar o nascimento de monozigóticos gêmeos (MZ). E mesmo para gêmeos dizigóticos (DZ), influências genéticas não são completamente compreendidas. Objetivos: Um estudo prévio do nosso grupo demonstrou que o alelo C do polimorfismo rs1042522 no gene TP53 foi mais frequente nas mães de gêmeos do que nas mães de gestação única em uma pequena cidade no sul do Brasil. A fim de esclarecer se este foi um fator isolado, foi realizado um estudo observacional de caso-controle de base populacional. Métodos: As amostras foram selecionadas a partir de um programa de investigação de paternidade financiado pelo estado do Rio grande do Sul. As amostras foram consideradas casos em que duas das crianças tinham a mesma data de nascimento e os controles eram de amostras em que pelo menos dois filhos nasceram em datas diferentes. O método de escolha dos controles foi sequencial, sendo utilizados os primeiros que preenchessem esta condição a cada ano. Resultados: De 2007 a 2013, foram 32.661 registros pesquisados e 283 (0,9%) gêmeos foram encontrados (119 MZ e 164 DZ). Frequências alélicas e genotípicas não foram diferentes entre as mães de gêmeos ou mães de não gêmeos. No entanto, as mães de gêmeos MZ apresentaram uma maior frequência do genótipo GG e menor frequência do alelo C quando comparado com as mães de gêmeos DZ. Além disso, a proporção de gêmeos monozigóticos (42%) é maior do que normalmente relatado (30%). Finalmente, a proporção de gêmeos encontrados neste estudo parece ser mais realista, já que esta amostra não é supostamente de usuárias de técnicas de reprodução assistida.
Abstract Introduction: Although the birth of twins has always attracted attention, there are no known genetic or environmental factors that can determine the birth of monozygotic (MZ) twins. And even for dizygotic (DZ) twins, genetic influences are not completely understood. Objective: A previous study from our group has shown that the C allele of polymorphism rs1042522 in TP53 gene was more frequent in the mothers of twins than in the mothers of singletons in a small village in South Brazil. In order to clarify if this was an isolated factor, we performed a population-based observational case-control study. Methods: Samples were selected from a state-funded program of paternity investigation. Samples were considered cases when two of the children had the same date of birth whereas controls were those samples in which at least two children were born in different dates. The first subsequent sample fulfilling control criteria was included after each case. Results: From 2007 to 2013, 32,661 records were searched and 283 (0.9%) twins were found (119 MZ and 164 DZ). Genotypic and allele frequencies were not different between mothers of twins or mothers of singletons. However, mothers of MZ twins showed a higher frequency of GG genotype and lower frequency of the C allele when compared to mothers of DZ twins. Also, the proportion of MZ twins (42%) is higher than usually reported (30%). Finally, the proportion of twins found in this study seems to be more realistic, as this sample is allegedly not user of assisted reproduction techniques.
Tipo Dissertação
URI http://hdl.handle.net/10183/148132
Arquivos Descrição Formato
000997540.pdf (2.318Mb) Texto parcial Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.