Repositório Digital

A- A A+

Influência da visão e da dupla tarefa no controle postural de idosas com perdas urinárias

.

Influência da visão e da dupla tarefa no controle postural de idosas com perdas urinárias

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título Influência da visão e da dupla tarefa no controle postural de idosas com perdas urinárias
Autor Ribeiro, Joane Severo
Orientador Mota, Carlos Bolli
Data 2015
Nível Mestrado
Instituição Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Escola de Educação Física. Programa de Pós-Graduação em Ciências do Movimento Humano.
Assunto Fisioterapia
Idoso
Incontinência urinária
Postura corporal
[en] Dual task
[en] Elderly
[en] Postural control
[en] Urinary incontinence
Resumo A Sociedade Internacional de Continência (ICS) define que toda queixa de perda involuntária de urina é considerada incontinência urinária (IU), sendo que a IU é um processo natural do envelhecimento que afeta de 25 a 45% das mulheres brasileiras. Portadores de IU podem apresentar alterações no controle postural, pois a musculatura do assoalho pélvico é responsável pela estabilização das estruturas da pelve, possuindo assim íntima relação com o controle postural estático. Em virtude disto, o presente estudo tem por objetivo comparar o controle postural de mulheres idosas com relato de perdas urinárias e idosas continentes, nas condições de olhos abertos, supressão da visão e durante teste de dupla tarefa cognitiva e visual. Trata-se de um estudo do tipo observacional de caráter transversal, quantitativo realizado com 46 mulheres idosas, sendo 26 com incontinência urinária com média de idade 68,31 ± 5,79 anos e 20 continentes com média de idade 69,3 ± 6,87 anos. Foi utilizado um questionário de anamnese, para identificar aspectos gerais de saúde das idosas, onde incluía auto relato de perda urinária. A análise do controle postural foi realizada utilizando-se uma plataforma de força para a obtenção dos dados referentes ao centro de pressão (COP). As idosas foram avaliadas nas situações: olhos abertos, olhos fechados e teste de dupla tarefa stroop color. Os dados foram analisados utilizando-se o programa estatístico SPSS 17.0. A normalidade foi verificada através do teste de Shapiro-Wilk e após, realizado teste t de Student e o nível de significância adotado foi de 5%. Os resultados não apresentaram diferenças estatisticamente significativas em todas as variáveis do COP na situação de olhos abertos, nem nas variáveis COPap e COPml de olhos fechados bem como no COPap, COPml e COPvel na dupla tarefa. E as variáveis COPvel e COPelp na situação de olhos fechados e COPelp na dupla tarefa, apresentaram diferenças estatisticamente significativas com p<0,05. Concluiu-se que as mulheres idosas com relato de perdas urinárias apresentaram um pior desempenho do controle postural estático no que se refere a velocidade média de oscilação e a área de oscilação, quando comparadas as idosas continentes.
Abstract The International Continence Society (ICS) defines that every complaint involuntary loss of urine are considered urinary incontinence (UI). The UI is a natural process of aging and affects 25-45% of Brazilian women. IU carriers may show changes in postural control, because the pelvic floor muscles is responsible for stabilization of pelvic structures, thus having intimate relationship with the static postural control. This study analyzed and compared the postural control of elderly women with urinary incontinence and continent. The data collection conditions were with eyes open, suppression of vision and with dual cognitive and visual task. It is an observational study of transversal, quantitative conducted with 46 elderly women, 26 UI with a mean age 68.31 ± 5.79 years and 20 continent with a mean age 69.3 ± 6.87 years. The anamnesis questionnaire was used to identify general aspects of health of older, which included urinary loss self-reported. The analysis of postural control was performed using a force plate to obtain data on the center of pressure (COP). The elderly were evaluated in situations: eyes open, eyes closed and dual task Stroop color test. Data were analyzed using SPSS17.0 statistical software, data normality was verified using the Shapiro-Wilk test and after, performed t Student test, and Statistical significance was set at a p-value< 0.05. The results no significant differences for all variables to COP in open eyes, COPap and COPml in closed eyes situations, and COPap, COPml e COPvel in dual task. The results were statistically significant with p<0,05 for variables COPvel and COPelp in closed eyes situations and COPelp in dual task. It was concluded that older women reporting urinary losses showed a worse performance of the static postural control COPvel and COPelp in relation to continent women.
Tipo Dissertação
URI http://hdl.handle.net/10183/148211
Arquivos Descrição Formato
001001714.pdf (679.1Kb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.