Repositório Digital

A- A A+

Consciência e movimento : representação e experiência da dança de salão

.

Consciência e movimento : representação e experiência da dança de salão

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título Consciência e movimento : representação e experiência da dança de salão
Autor Janzen, Marcos Ricardo
Orientador Gomes, William Barbosa
Data 2013
Nível Mestrado
Instituição Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Instituto de Psicologia. Programa de Pós-Graduação em Psicologia.
Assunto Cinestesia
Dança
Fenomenologia
Resumo O objetivo dessa dissertação é descrever como a consciência se dá conta do movimento e o reverso, como o movimento orienta a consciência. A introdução traça um paralelo entre psicólogos que recorreram à psicologia fenomenológica ou descritiva em experimentos sobre a consciência imediata dos sentidos. Em seguida, ressalta o corpo como referencial ao movimento e à ação na constituição da autoconsciência, indicando convergências com a fenomenologia existencial. Por último, toma-se o corpo situado interagindo com um mundo real para demonstrar que parte da apreensão fenomenal é concreta e situada. Na seção empírica, em sua primeira etapa, oito homens experts e sete homens não experts realizaram a tarefa da Análise Estrutural Dinâmica – Motora para um passo da dança de salão. Experts demonstraram ter uma representação em comum acerca do movimento, que constitui os elementos básicos mínimos sobre os quais compõem sua dança. Na segunda etapa, 12 participantes (seis da primeira etapa e seis mulheres) responderam à entrevista experiencial em dança de salão. Foram investigados aspectos acerca da experiência de dançar em salão, como o aprendizado de novos passos e as sensações de liberdade e prazer na dança. Foram verificadas convergências entre os resultados da primeira e segunda etapa empírica, demonstrando coerência entre dados quantitativos e qualitativos.
Abstract This dissertation aims to describe how consciousness becomes aware of movement and the reverse, how movement guides consciousness. The introduction draws a parallel among psychologists who resorted to phenomenological or descriptive psychology in experiments on the immediate awareness of the senses. Then, it emphasizes the body as a reference to movement and action in the constitution of the self, indicating convergences with existential phenomenology. Finally, it takes the body situated interacting with the real world to demonstrate that the phenomenal apprehension is concrete and located. In the empirical section, in its first stage, eight expert men and seven not expert men performed the Structural Dynamic Analysis - Motor task for a movement from a Brazilian pair dance. Experts demonstrated a common representation about the movement, which constitutes the basic elements minimum upon which they compose their dance. In the second stage, 12 participants (six from the first stage and six women) answered to an experiential interview on ballroom dancing. We investigated aspects of the experience of dance hall as learning new steps and the sensations of freedom and pleasure in dancing. Convergences were observed between the results of the first and second empirical stages, demonstrating consistency between quantitative and qualitative data.
Tipo Dissertação
URI http://hdl.handle.net/10183/148222
Arquivos Descrição Formato
001000451.pdf (1.249Mb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.