Repositório Digital

A- A A+

Síndrome cardiorrenal e hipertensão arterial em cães e gatos: interações sistêmicas e injúria de órgãos alvo

.

Síndrome cardiorrenal e hipertensão arterial em cães e gatos: interações sistêmicas e injúria de órgãos alvo

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título Síndrome cardiorrenal e hipertensão arterial em cães e gatos: interações sistêmicas e injúria de órgãos alvo
Autor Lorscheitter, Laura Martins
Orientador Monteiro, Eduardo Raposo
Co-orientador Queiroga, Luciana Branquinho
Data 2016
Nível Graduação
Instituição Universidade Federal do Rio Grande do sul. Faculdade de Veterinária. Curso de Medicina Veterinária.
Assunto Cardiologia veterinária
Fisiopatologia veterinaria
Hipertensão arterial
Injúria
Pequenos animais : Cardiologia
[en] Heart
[en] Injury
[en] Kidneys
[en] Target-organ
Resumo A hipertensão arterial sistêmica se caracteriza pelo aumento sustentado da pressão sanguínea. A prevalência de hipertensão arterial em cães e gatos não é bem conhecida e a falta de um padrão de medição, entre outros fatores, torna o diagnóstico de hipertensão em medicina veterinária difícil. Danos resultantes da presença de hipertensão arterial sustentada são comumente referidos como lesão a órgãos-alvo. Transtornos primários do coração ou dos rins muitas vezes resultam em disfunção secundária ou injuria do outro. Tais interações representam a base fisiopatológica da síndrome cardiorenal (SCR). Esta, embora geralmente definida como uma condição caracterizada por lesão renal aguda ou progressão da insuficiência renal secundária à insuficiência cardíaca, também pode ser utilizada para descrever os efeitos negativos da reduzida função renal sobre o coração e a circulação. A visão simplista da SCR é que um rim relativamente normal está disfuncional devido a uma doença cardíaca, com o pressuposto de que, na presença de um coração saudável, o mesmo rim poderia realizar sua função normalmente. O conhecimento da fisiopatologia dessas interações sistêmicas é importante para se estabelecer o diagnóstico clínico da doença primária que cursa com prejuízo a outros órgãos e, dessa forma, poder realizar o tratamento mais adequado prevendo os possíveis desdobramentos e consequências secundárias a órgãos alvo.
Abstract Systemic hypertension is synonymous with sustained increases in blood pressure. The prevalence of hypertension in dogs and cats is not well known and the lack of uniform measurement techniques, among other factors, establishing a diagnosis of hypertension in veterinary medicine make it difficult. Damage that results from the presence of sustained high blood pressure is commonly referred to as target-organ damage. Primary disorders of 1 of these 2 organs often result in secondary dysfunction or injury to the other. Such interactions represent the pathophysiological basis for a clinical entity called cardiorenal syndrome (CRS). Although generally defined as a condition characterized by the initiation and/or progression of renal insufficiency secondary to heart failure, the term CRS is also used to describe the negative effects of reduced renal function on the heart and circulation. The simplistic view of CRS is that a relatively normal kidney is dysfunctional because of a diseased heart, with the assumption that, in the presence of a healthy heart, the same kidney would perform normally. The knowledge of the pathophysiology of these systemic interactions is important to establish clinical diagnosis of primary disease that leads to damage to other organs. And that way, can perform the most appropriate treatment predicting the possible outcomes and consequences secondary in target-organ.
Tipo Trabalho de conclusão de graduação
URI http://hdl.handle.net/10183/148250
Arquivos Descrição Formato
001001597.pdf (719.7Kb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.