Repositório Digital

A- A A+

Efeito do treinamento de exercícios monoarticulares e multiarticulares em relação aos valores de razão convencional e funcional de joelhos

.

Efeito do treinamento de exercícios monoarticulares e multiarticulares em relação aos valores de razão convencional e funcional de joelhos

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título Efeito do treinamento de exercícios monoarticulares e multiarticulares em relação aos valores de razão convencional e funcional de joelhos
Autor Marques, Bárbara Freitas
Orientador Cadore, Eduardo Lusa
Data 2016
Nível Graduação
Instituição Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Escola de Educação Física. Curso de Educação Física: Bacharelado.
Assunto Exercicios fisicos
Joelho
Treinamento de força
Resumo O treinamento de força também conhecido como treinamento com pesos, tem sido largamente reportado na literatura, tanto no âmbito de desempenho físico como para promoção da saúde. Conhecendo melhor o treinamento de força, podemos perceber que existem algumas variáveis que são fundamentais para prescrição do treinamento de força. Dentre elas a seleção de exercício se destaca como uma das principais. Pensando na seleção de exercício o objetivo do estudo foi investigar os efeitos de diferentes protocolos de treino de força, um monoarticular e outro multiarticular no equilíbrio articular. A amostra foi composta por 14 homens (18-30 anos), saudáveis e que não estivessem praticando treinamento de força a pelo menos três meses. Os exercícios escolhidos foram leg press, representando a condição multiarticular e flexão e extensão de joelho representando a condição monoarticular. No primeiro dia foram coletadas as medidas antropométricas, assinatura do termo livre e esclarecido e familiarização dos testes realizados (espessura muscular e dinamometria isocinetica). Uma semana depois os sujeitos voltavam ao laboratório e realizavam os testes de espessura muscular e dinamometria isocinetica. O equilíbrio articular foi avaliado através das razoes convencional (PTantagonista concêntrico/ PT agonista concêntrico) e functional (PT antagonista excêntrico/ PT agonista concêntrico), que tem como valores normativos de 0,5 a 0,7 para razão convencional e de 0,9 a 1,2 para razão funcional. Após os testes realizados no laboratório, os sujeitos eram encaminhados a academia da universidade, onde passavam por uma familiarização dos exercícios e um teste de 1 RM, referente a todos os exercícios citados. Os sujeitos foram submetidos a 12 semanas de treinamento e após esse período realizaram uma nova avaliação referente ao pós treinamento. A análise estatística foi feita através de média e desvio padrão, pois o trabalho ainda está em andamento e o n amostral não está completo. Os resultados demonstram que nenhuma das condições (multi x mono) foi eficaz no aumento da razão funcional dos sujeitos. Ao analisarmos as demais variáveis, podemos perceber que os resultados foram favoráveis para algumas variáveis como: Torque concêntrico dos extensores e dos flexores de joelho, para espessura muscular de vasto intermédio e biceps femural e nos teste de 1 RM de todos os exercícios já citados, porém para outras se mostrou ineficiente, como: Torque isométrico, Torque excêntrico de flexores de joelho, espessura muscular do reto femural e nas razões convencional e funcional. Como conclusão o estudo mostra que somente o exercício realizado de forma multiarticular ou monoarticular não é suficiente para otimizar valores relacionados a razão articular, ainda que a literatura demonstre ,em diversos estudos, que não há diferença entre as condições multi verus mono, este estudo demonstra que quando tratamos de razões articulares nenhum protocolo se mostrou eficiente.
Tipo Trabalho de conclusão de graduação
URI http://hdl.handle.net/10183/148334
Arquivos Descrição Formato
001000903.pdf (634.4Kb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.