Repositório Digital

A- A A+

Teste rápido para sífilis no pré-natal da atenção básica : avaliação institucional qualitativa e educação permanente em saúde

.

Teste rápido para sífilis no pré-natal da atenção básica : avaliação institucional qualitativa e educação permanente em saúde

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título Teste rápido para sífilis no pré-natal da atenção básica : avaliação institucional qualitativa e educação permanente em saúde
Outro título Rapid test for syphilis during prenatal primary care : qualitative institutional assessment and permanent education in health
Autor Bagatini, Carmen Luisa Teixeira
Ceccim, Ricardo Burg
Machado, Rebel Zambrano
Bavaresco, Caren Serra
Resumo Objetivo: Analisar fatores intervenientes na realização do teste rápido de sífilis no pré-natal como tarefa da atenção básica. Métodos: Estudo de caso quanti-qualitativo, analisando-se notificações de sífilis em gestantes, planos municipais de implantação do teste e avaliação institucional qualitativa. Dados epidemiológicos tabulados e entrevistas qualitativas categorizadas pela análise de conteúdo. Resultados: contribuíram a preparação de médicos, enfermeiros e dentistas - como equipe; a participação do Serviço de Atenção Especializada - como apoiador matricial, e a construção da linha de cuidado - interior da rede Cegonha. Dificultaram: rotatividade profissional, centralização no enfermeiro e baixa longitudinalidade da avaliação e formação no cotidiano. Conclusão: processo de trabalho das equipes, incluindo a composição em rede de saúde nos municípios, requerendo práticas pedagógicas de avaliação institucional qualitativa e educação permanente em saúde para que barreiras sejam rompidas e conexões sejam feitas, mesmo em programas pactuados no âmbito interfederativo bi ou tripartite e sob evidência epidemiológica.
Abstract Objective: To analyze intervening factors involved in the rapid testing for syphilis during prenatal care as a task of primary care. Methods: Case study with a quantiqualitative approach, analyzing syphilis notifications in pregnant women, municipal plans for the implementation of the test and qualitative institutional assessment. Tabulated epidemiological data and qualitative interviews categorized by content analysis. Results: Contributed the preparation of doctors, nurses and dentists - as team; the participation of Specialized Care Service - as matrix supporter, and the construction of the line of care - within the Stork network (Rede Cegonha). Hampered: staff turnover rates, centralization of the nurse and low longitudinality of the evaluation and training in daily life. Conclusion: Working process of the teams, including the composition in health network in the municipalities, requiring pedagogical practices of qualitative institutional assessment and permanent education in health so that barriers are broken and connections are made, even in contracted programs under inter-federative bi or tripartite and under epidemiological evidence.
Contido em Saúde em Redes. Porto Alegre. Vol. 2, n.1 (2016), p. 81-95
Assunto Atenção primária à saúde
Avaliação em saúde
Educação continuada : Saúde
Sífilis congênita
[en] Congenital syphilis
[en] Continuing education
[en] Health assessment
[en] Primary health care
Origem Nacional
Tipo Artigo de periódico
URI http://hdl.handle.net/10183/148371
Arquivos Descrição Formato
001001412.pdf (366.3Kb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.