Repositório Digital

A- A A+

Dimensionamento da força de trabalho no SUS : o trabalho (e trabalhador) vivo no planejamento do cuidado em saúde

.

Dimensionamento da força de trabalho no SUS : o trabalho (e trabalhador) vivo no planejamento do cuidado em saúde

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título Dimensionamento da força de trabalho no SUS : o trabalho (e trabalhador) vivo no planejamento do cuidado em saúde
Outro título Dimensioning of workforce in SUS : work (and worker) live in health care planning
Autor Ramos, Lívia
Possa, Lisiane Bôer
Resumo O dimensionamento tem sido evidenciado na literatura como importante dispositivo para o planejamento e desenvolvimento da força de trabalho no Sistema Único de Saúde. Enquanto vinculado a modelos de atenção, expressa características sobre incorporação tecnológica, processos decisórios, relação entre profissionais e a própria compreensão do ato de cuidar, conferindo diferentes possibilidades de sentidos para o processo de dimensionamento e sua operacionalização. Assim, este estudo visa, a partir da análise de nove experiências, a caracterização dos processos de dimensionamento desenvolvidos no cotidiano de gestão do trabalho no SUS e análise compreensiva de acordo com o debate dos modelos tecnoassistenciais em saúde. Os resultados indicam a incorporação do dimensionamento como uma agenda das instituições de gestão descentralizadas do SUS, afirmando o planejamento a partir das realidades locais de cada território. As ações de dimensionamento em 77,8% dos casos envolveram todas as categorias profissionais dos serviços, sendo os tipos de serviços dimensionados de acordo com a lógica de redes e linhas de cuidado. A importância do dimensionamento enquanto um processo contínuo e integrado ao processo de trabalho é evidenciada. O planejamento da força de trabalho é indicado como ato político atravessado por disputas de projetos assistenciais, se configurando a partir de processos mais centrados nas relações ou mais presos à lógica dos instrumentos duros, com desdobramentos na forma de organização do cuidado. Afirma-se a proposta do dimensionamento articulado a espaços de decisão mais públicos, implicados com a construção coletiva do trabalho e com a dimensão cuidadora na produção de saúde.
Abstract Dimensioning of health workers has been portrayed in articles as an important tool for planning and developing human resources in the Unified Health System (SUS). While bound to health care models, it expresses characteristics concerning such as the incorporation of technological resources, decision-making, the relationship between professionals and even the comprehension of care, thus delivering different possibilities for the organization and operationalizing processes of dimensioning. Therefore, this study aimed to characterize the dimensioning processes developed at the SUS, and to elaborate a thorough analysis according to the debate of assistance models in health care based on the perspective of nine projects. The results indicate that the dimensioning has been incorporated as part of the agenda of the decentralized management institutions of SUS, affirming that planning built upon local realities is a need. Dimensioning activities involved all the diverse set of professional categories in 77.8% of the cases analyzed, and the services were scaled according to the logic of networks and lines in health care. The importance of dimensioning as a continuous and integrated process in the work setting is highlighted. Planning workforce is recognized as a political act in which occur social welfare projects disputes, designed from processes focused on relations or attached to the logic of hard instruments, with developments in the form of the organization of health care. An intricate dimensioning process, interconnected with public decision spaces and involved with the public construction of labor, with care as the central dimension in health, appears as an indisputable proposal.
Contido em Saúde em Redes. Porto Alegre. Vol. 2, n.1 (2016), p. 43-52
Assunto Gestão em saúde
Planejamento em saúde
Recursos humanos em saúde
[en] Health management
[en] Health manpower
[en] Health planning
[en] Health services
Origem Nacional
Tipo Artigo de periódico
URI http://hdl.handle.net/10183/148374
Arquivos Descrição Formato
001001396.pdf (273.2Kb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.