Repositório Digital

A- A A+

Expansão do crédito para pessoas físicas no segmento de cartões de crédito e possíveis riscos à estabilidade do SFN

.

Expansão do crédito para pessoas físicas no segmento de cartões de crédito e possíveis riscos à estabilidade do SFN

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título Expansão do crédito para pessoas físicas no segmento de cartões de crédito e possíveis riscos à estabilidade do SFN
Autor Martini Neto, Alvise Eduardo
Orientador Caldeira, João Frois
Data 2016
Nível Graduação
Instituição Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Faculdade de Ciências Econômicas. Curso de Ciências Econômicas.
Assunto Economia
[en] Credit cards
[en] Credit risk
[en] Stability of the financial system
Resumo O presente trabalho tem como propósito analisar a evolução das operações de crédito com cartões ao longo de período de 2003 a 2015 e seus possíveis riscos à estabilidade do Sistema Financeiro Nacional. Para tal, realizou-se a revisão dos principais fundamentos da evolução da intermediação financeira, do funcionamento da indústria de cartões e dos indicadores de estabilidade financeira. Através disso, foi possível entender a colocação das operações com cartões de crédito dentro do SFN e Sistema de Pagamentos Brasileiros (SPB). Para estimar possíveis riscos ao SFN, avaliou-se o indicador de Gap de crédito/PIB, um modelo de auto-regressão vetorial (VAR) e a estrutura de capital regulamentar dos principais bancos comerciais atuando no país. A primeira ferramenta demonstrou que as operações evoluíram com crescimento equilibrado em relação às suas tendências de longo prazo; já a segunda metodologia demonstrou que a inadimplência da carteira de crédito de cartões é pouco sensível quando suscetível a choques em variáveis macroeconômicas. Finalmente, considerando a previsão de inadimplência, o volume das operações e a atual estrutura de capital das instituições investigou-se a possibilidade de a carteira de crédito de cartões gerar riscos relevantes ao SFN.
Abstract This study analyzes the development of credit card operations over the period of 2003-2015 and its possible implications to the stability of the National Financial System. We assessed the main fundaments of the evolution of financial intermediaries, the credit card industry, and the key indicators of financial stability. Through this analysis, we were able to understand the role of the credit card industry within the Brazilian financial and payment systems. In order to evaluate risks to the financial system, we studied the credit-to-GDP gap, a Vector Auto-regression (VAR) model, and regulatory structure of the main commercial banks in the country. The first tool showed that the operations grew according to their long-term trends, whereas the second methodology demonstrated that credit card default rates are not very sensitive to shocks in a number of macroeconomic variables. Finally, considering default projections, the industry’s volume, and the capital structure of financial institutions, we consider the possibility of relevant risks to the financial system.
Tipo Trabalho de conclusão de graduação
URI http://hdl.handle.net/10183/148404
Arquivos Descrição Formato
001000098.pdf (2.840Mb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.