Repositório Digital

A- A A+

As práticas educativas na educação de jovens e adultos da rede pública de Porto Alegre - RS

.

As práticas educativas na educação de jovens e adultos da rede pública de Porto Alegre - RS

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título As práticas educativas na educação de jovens e adultos da rede pública de Porto Alegre - RS
Autor Viero, Anezia
Orientador Silva Triviños, Augusto Nibaldo
Data 2008
Nível Doutorado
Instituição Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Faculdade de Educação. Programa de Pós-Graduação em Educação.
Assunto Educação de jovens e adultos
Ensino público municipal
Escolarização
Política educacional
Porto Alegre (RS)
Prática pedagógica
[en] Educational policy
[en] Education for young people and adults
[en] Municipal education
[en] Pedagogical practice
[en] Porto Alegre (RS)
[en] Schooling
Resumo Esse trabalho trata dos aspectos ideológicos e contraditórios presentes nas práticas educativas de escolarização da Rede Pública de Porto Alegre na Educação Fundamental de Jovens e Adultos e sua relação com a totalidade social. Nossa concepção de mundo remeteu-nos a delimitação teórica e metodológica a qual se insere no conjunto de pesquisas que trata da educação dos trabalhadores, em que a EJA é vista como produção material dos seres humanos e suas relações. As práticas educativas atuais defrontam-se com as circunstâncias legadas e transmitidas pelo passado de dominação e opressão de classes e grupos. São elas que configuram as necessidades educativas atuais dos trabalhadores. As contradições das práticas educativas no processo de escolarização da EJA na Rede Pública de Porto Alegre tanto servem às necessidades da ordem social que oprime esse universo de trabalhadores, como apontam para experiências de classe que resistem a essa adaptação, apontando possibilidades de práticas educativas emancipatórias. A EJA no interior das organizações de trabalhadores é tratada como experiência de classe que contribui para a construção das condições objetivas e subjetivas de superação das relações sociais que oprimem e exploram os jovens e adultos. Essas práticas apontam parâmetros em que a educação escolar, ao ter como tarefa histórica ampliar a cada um da obra humana que nos antecipou, contribui com a luta por um projeto de sociedade que supere a divisão entre trabalho intelectual e manual. As teorias que analisam o processo escolar desde as relações de reprodução, de poder, dos parâmetros de competência, de experiência de classe, da educação ao longo da vida e da Educação Popular apresentam contribuição e limites na abordagem das práticas educativas. O desenvolvimento histórico das práticas educativas abrangentes e sua expressão nas políticas educacionais, em especial no Brasil, Rio Grande do Sul com realce para Porto Alegre possibilitou tratar do processo educativo desenvolvido nas escolas públicas de EJA, especialmente nos CEES, atualmente NEEJAs, e no CMET na relação com a totalidade social. Dentre as experiências históricas realçamos a relevância das Administrações Populares para a concepção das práticas educativas atuais da Rede Pública de Porto Alegre. A recriação dos aspectos ideológicos de longa data na EJA alimenta o caráter de suplência e contribui com o projeto social que combina a mercantilização de todas as esferas da vida com políticas educacionais para trabalhadores de caráter compensatório que substitui a relação de direito da educação por relações sociofilantrópicas orientada para a superação da pobreza. A relação que professores e alunos estabelecem com seu processo de formação é em grande medida a mesma que ambos se encontram como trabalhadores e os aspectos contraditório dessa relação, produzem na escola experiências de classe tanto de dominação, como de possibilidade de emancipação, expressando-se nas diferentes dimensões da formação: nas reuniões de professores, nas salas de aula, na forma de gestão dos espaços de EJA. A superação da exclusividade de práticas educativas realizadas a distância, tal como se apresenta nas instituições de EJA da Rede Pública de Porto Alegre e a introdução de práticas educativas presencias com professores e turma de alunos, é apontada como avanço significativo na história da EJA da Rede Pública de Porto Alegre. Constatamos a diferença entre a definição dos dispositivos legais de “educação a distância” e sua materialização nas instituições de EJA da Rede Pública de Porto Alegre. Nesse espaço as tecnologias de informação e comunicação utilizadas nas práticas educativas a distância resumem-se em módulos apagados de tanto uso e lista bibliográfica para alunos pesquisarem. Por meio das fontes teóricas que dialogam com o materialismo histórico e dialético, realizamos um trabalho de natureza qualitativa, por meio de revisão bibliográfica, análise de documentos, entrevistas semi-estruturada, observação semidirigida, grupo de discussão com alunos e professores. Essa abordagem possibilita a descrição, interpretação, explicação e compreensão dos dados empíricos e teóricos no sentido de traçar apontamentos que confirmam e ampliam nossa tese.
Abstract This paper deals about the ideological and contradictory aspects that are presented in the educational practicing of students and teachers of Porto Alegre Public School Chain in the elementary education of young people and adults in their relation with the social totality Our conception of world sent us to a methodological and delimitated theory that is inserted in a group of research that has to do with the education of workers, which EJA is seen as a material production of human beings and their relations. The current educational practices faces the legate circumstances and transmitted by the oppression and domination pass of classes and groups. These are the ones that form the current educational necessities of workers. The contradictions of the educational practice in the EJA school process of Porto Alegre Public School Chain either serve to the necessities of the social disposition that oppress this universe of workers, or point to class experiences that resist to this adaptation, pointing out possibilities of emancipating educational practices. The EJA in the workers organization is treated as a class experience that contributes to the construction of the interior objective and subjective conditions of overcoming the social relations that oppress and explore young people and adults. These practices indicate the situations that the school education, which has the historical task of increasing the anticipation of the human work, contribute to the fight for a better project of society that shows the division between intellectual and manual work. The theories that analyze the school process since the relations of reproduction, of power, situations of competence, class experience, education throughout life and popular education show contribution and limits in approaching the educational practices. The historical development of the comprehending educational practices and its expression in the educational politics, mainly in Brazil, Rio Grande do Sul with distinction in Porto Alegre enabled the educational process developed in EJA public schools, principally in CEES, now existing as NEEJAS, and in CMET in relation to the social totality. Among the historical experiences, we raise to a higher place the relevance of Popular Administrations to the conception of current educational practices in Porto Alegre Public School Chain. The recreation of the ideological aspects of long-term in relation to EJA feeds the substitution character and contributes to the social project that combines the merchant of all spheres of life with educational politics to workers of compensating character that substitute the relation of educational right by social-philanthropic relations and as occurring, is oriented by poverty overcome. The relation that teachers and students establish with their formation process is in great measure the same that both face as workers and the contradictory aspects of this relation produce class experience at school both of domination and of emancipation possibility, expressing in the different formation dimensions: in meetings of teachers, in the classrooms, in the providing EJA´s spaces. The overcoming of the educational practices of exclusiveness, put into practice by means of distance, is pointed out as a significant advance in the history of EJA in Porto Alegre Public School Chain. The same holds true in relation to the way it is presented in EJA´s institutions in Porto Alegre Public School Chain and the introduction of educational practices with teachers and groups of students. We could find out the difference between definition of legal disposing of “farness education” and its materialization in EJA´s institutions of the researched Public School Chain. Thus, the technologies of information and communication used in the farness educational practices are summarized in overused techniques and bibliographical lists for students to research. By means of theoretical causes that deal with historical and dialectical materialism, we consummated a work of qualitative nature through bibliographical review, dossier analyses, semi-structured interviews, semi-guided observation, group discussion with students and teachers. This approach guides us to the description, interpretation, explanation and comprehension of the empiric and theoretical datas with the intention of drawing annotations that confirm and enlarge our thesis.
Tipo Tese
URI http://hdl.handle.net/10183/14842
Arquivos Descrição Formato
000669772.pdf (2.865Mb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.