Repositório Digital

A- A A+

Análise da satisfação dos magistrados do TRT da 4. Região com a formação oferecida pela Escola Judicial

.

Análise da satisfação dos magistrados do TRT da 4. Região com a formação oferecida pela Escola Judicial

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título Análise da satisfação dos magistrados do TRT da 4. Região com a formação oferecida pela Escola Judicial
Autor Souza, Fabio Souza de
Orientador Costa, Silvia Generali da
Data 2016
Nível Graduação
Instituição Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Escola de Administração. Curso de Administração.
Assunto Formação profissional
Gestão por competências
Satisfação profissional
[en] Escola Judicial do Tribunal do /trabalho da 4ª Região
[en] Formation
[en] Magistrates
[en] Satisfaction
[en] Skills management project
[en] Training and development
Resumo O presente trabalho propõe-se a aferir a satisfação dos magistrados lotados em Porto Alegre frente à formação que lhes é oferecida pela Escola Judicial do Tribunal Regional do Trabalho da 4ª Região. Tendo em vista a multidisciplinariedade na qual está inserido o Direito do Trabalho, faz-se necessária a preocupação com a atualização permanente perante os aspectos legais, humanos e os ligados às demais competências imprescindíveis para a solução dos conflitos demandados na Justiça do Trabalho. A pesquisa se deu entre os magistrados, tendo em vista serem eles os mediadores dos litígios decorrentes das constantes metamorfoses a que estão submetidos o labor e as relações de trabalho atualmente; tal fato, implica a necessidade de um apoio instrucional constante, tornando-se os magistrados o principal público-alvo das atividades formativas desenvolvidas pela Escola Judicial. A permanente atualização e o desenvolvimento de atividades de treinamento e desenvolvimento orientadas pela gestão por competências no setor público, surgem como fortes aliados dos magistrados, a fim de que o serviço prestado à sociedade dentro destas relações sociais e jurídicas se dê com qualidade e eficiência. Esta pesquisa visou a obter, junto ao público-alvo, opiniões, considerações, contribuições e críticas importantes acerca deste assunto, verificando a sua satisfação ante o processo de formação dos magistrados do trabalho, mais especificamente no Rio Grande do Sul. A coleta de dados possibilitou-nos concluir, que a grande maioria dos magistrados encontra-se satisfeita com os aspectos que foram levantados na pesquisa. Por exemplo: os ministrantes dos cursos; instalações da Escola Judicial; métodos em que as atividades são realizadas (seminários, aulas expositivas, etc.); conteúdos abordados, carga horária de formação; materiais didáticos e aparato administrativo (servidores) e também concordam que a Escola Judicial cumpre seu papel institucional, ressaltando a importância de ela contribuir com a sua formação e a substancial necessidade de uma atualização profissional nos dias de hoje. Por outro lado, na coleta de dados, observamos insatisfações, porém em número bem reduzido por parte dos magistrados e as mais expressivas estavam relacionadas aos horários em que são realizadas as atividades. Finalizando, ressaltamos que sugestões foram feitas por eles, principalmente no sentido de introduzirem-se melhorias à Escola Judicial, a fim de que o aprimoramento das ações formativas seja contínuo e permanentemente conexos com as demandas advindas das atividades cotidianas realizadas por esses magistrados.
Abstract This paper proposes to evaluate the satisfaction of the magistrates in Porto Alegre regarding the formation offered by the “Escola Judicial do Tribunal Regional do Trabalho da 4ª Região. In view of the multidisciplinarity in which Labor Law is inserted, it is necessary the concern with a permanent update at legal and human aspects and other linked to different essential competences to solve conflicts at Labor Law. The research took place among magistrates, as they are the mediators of the conflicts resulting from the constant metamorfoses the labor and labor relationship are submitted to nowadays, needing, as a result, a constant instructive support and becoming the main target audience of the formation activities developed by “Escola Judicial”. The constant update and the development of training activities oriented by Skills Management Project in public spheres arise as strong allied, in order to make service provided to society, among these social and law relations happen with quality and efficiancy. This survey aimed to gather from magistrates opinions, contributions and importante criticisms about this issue, evaluating its satisfaction before the training processo f the Labor Magistrates, more specifficaly in Rio Grande do Sul. Data collection from magistrates made it possible for us to conclude that the majority of magistrates is fully satisfied with aspects which have been raised at the research. For example: teacher of courses; the Judicial School Facilities; methods of the activities (workshops, lecture classes, etc); the content covered, class load formation, teaching materials and personnel administrative, and agree that the Judicial School fulfills its institutional role, highlighting the importance of its contribution regarding magistrals teaching and also the substantial necessity of an ongoing professional development nowadays. On the other hand, at the data collection, insatisfactions have been observed, however in a small number of magistrates; mostly referring to activities schedules. Finally, we highlight that suggestions were made, in order to provide improvements to the Judicial School, so that the training actions might be continuous and permanent, besides being linked to demands from magistrates daily activities.
Tipo Trabalho de conclusão de graduação
URI http://hdl.handle.net/10183/148571
Arquivos Descrição Formato
001002419.pdf (2.254Mb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.